10 de set de 2014

Dragões e Magos Negros: A Ação Oculta no Conflito do Oriente Médio




Pergunta que recebi no email do blog:

“Zé, se vc puder gostaria que me respondesse o que acontece com este povo de Israel, Palestina e outros que se encontram neste  balaio de gato tão complicado que esta muito, mais muito longe de ter um fim.Que fizeram no passado distante, mesmo antes de reencarnarem nestes locais estes povos? O porque de tanto sofrimento e matança sem fim por um'' pedaço de terra''.Existe ainda a influência dos Dragões neste contexto?. Qual seria o interesse destes seres de provocarem esta barbárie sem fim, se é que existe? Qual é o interesse das nações poderosas por esta terra? O que ela tem tem tão precioso para esta disputa tão sangrenta? Um abraço Zé e por enquanto obrigado.”


Resposta: No livro novo, Brasil o Lírio das Américas, eu explico sobre a “raiz energética” do conflito

Basicamente são espíritos belicosos que lutam pela afirmação de poder e expansão do controle geográfico, curiosamente em muitos casos reeencarnando nos povos que outrora combateram e realimentando o conflito, combatendo povos e religiões que em encarnação pregressa apoiaram.

Dragões e magos negros apenas se aproveitam dos desequilíbrios do livre arbítrio humano, potencializando tais descontroles quando existem as brechas, culpar tais seres por tudo de errado que ocorre no mundo ou tudo de errado que uma pessoa faz é a mesma atitude atrasada de algumas Igrejas que escolhem o diabo como supremo bode expiatório, como se cada ser humano não fosse responsável pelos próprios atos.

Para os seres trevosos quanto mais caos e bagunça melhor, pois mais energia eles terão ao dispor nas zonas inferiores do astral, visto que toda a sua estrutura de poder é criada para trabalhar com energias em determinadas freqüências, vulgarmente conhecidas como "baixa vibração", criando usinas de força e aparelhagem própria para utilizar esse vasto material, pois não conseguem trabalhar com as chamadas energias de alta freqüência, que são as energias ligadas a certos padrões e freqüências que necessitam de um ambiente harmônico e pessoas de nível moral elevado para que o movimento da energia atinja elevada freqüência ou vibração. Sobre toda essa estrutura de poder e como certas energias são utilizadas, o livro novo também aborda profundamente esses aspectos.



Como diferença, os dragões controlam a principal usina de força do astral inferior que é o Sol das Trevas e desejam a destruição do planeta como tentativa de fugir do inevitável exílio planetário que terá seu momento decisivo em 2036. 

Já os magos negros desejam controle e expansão do seu poder sobre o resto da humanidade, tanto no astral inferior, intermediário como no mundo físico e por isso lutam, criando e alimentando algumas egrégoras, montando fortificações em pontos estratégicos para dificultar o trabalho dos guardiões no atual momento da humanidade, que devido ao grande número de antigos rebeldes encarnados, nos estertores da Era de expiação e provas devido ao seu espírito belicoso favorecem a disseminação dos conflitos por poder e controle, sobretudo a nível geográfico sem saberem na maioria dos casos que estão alimentando e sendo alimentados por gigantescas estruturas egóicas que vivem do ódio, da intolerância e da violência e ao mesmo tempo alimentam esses sentimentos em quem se sintoniza a essas estruturas.

Por esse motivo é que o novo livro fala em detalhes como e porque um grande egregora foi destruída ao final de 2012 e como as principais egrégoras do mundo astral tem atuado sobre o Brasil e as Américas. 

A luta dos guardiões vai muito, mas muito alem de simplesmente retomar cidades astrais ou encaminhar almas para o exílio, a raíz do problema é muito maior e por isso tanto trabalho para que as metas traçadas pela Espiritualidade Superior sejam cumpridas e assim, a partir de 2036 com o ápice do exílio planetário, possam ser criadas condições para o início da Era de Regeneração.  



Fanpage Profecias o Ápice em 2036 no Facebook:


Fórum Profecias 2036:


14 comentários:

Waldemiro Junior disse...

Ola José, tenho uma dúvida. Vocâ já mencionou que existem magos negros encarnados na Terra. Sabemos que o processo reencarnatório é todo um planejamento etc. Acredito que nenhum desses indivíduos tenha querido reencarnar por livre e espontânea vontade. Devem ter sido pegos à força e reencarnado na marra. A questão é: é desta forma mesmo? Como se dá a reencarnação destes espíritos denominados magos negros? Obrigado e espero que continue com seu blog sempre informativo. Abraço.

José Alencastro disse...

Pergunta muito interessante Waldemiro. Antes de respondê-la, indico esse link aqui do fórum, que explica a diferença entre dragões e magos negros, o que são magos negros e alguns conceitos importantes que abordo no livro novo (Brasil: O Lírio das Américas) como por exemplo o conceito de "egrégora pessoal":

http://www.profecias2036.com.br/forum/viewtopic.php?f=14&t=94

Sobre a questão da reencarnação de magos da escuridão, no próprio link eu respondi uma pergunta semelhante e curiosamente a grande maioria não encarna "na marra". O que acontece é que os magos das sombras sabem que precisam encarnar de tempos em tempos para manter certa coesão da sua estrutura perispiritual (isso é amplamente comentado no Senhores da Escuridão do Robson Pinheiro) para que permaneçam atuando nas regiões do astral inferior e não no abismo (zona ainda mais inferior na qual os dragões atuam, utilizando corpos artificiais e controlando diretamente a egrégora do Sol das trevas).

Em virtude disso, por saberem que é inevitável a reencarnação de tempos em tempos, os magos da escuridão buscam planejar o seu encarne. Vale ressaltar, como eu explico no link, que os dragões vieram exilados muito antes dos magos das sombras, enquanto os dragões vieram a quase um milhão de anos e nunca encarnaram, os magos das sombras vieram, em sua maioria, a pouco mais de 10 mil anos.

Outra questão relevante e que também é introduzida no livro novo é a questão dos animais de poder, algo que falarei nos próximos posts do blog, abordando tanto as formas mais conhecidas com caracteristicas positivas e negativas, como as formas menos usuais e apenas atreladas aos seres trevosos, algo que eu falarei em uns 2 posts. Mas vamos finalmente a sua pergunta, analisada no forum:

José Alencastro disse...

Pergunta: "Como uma criatura tão do mau consegue incarnar com um corpo/mente tão eficientes como o Putim? Onde está a lei do karma?
Não seria para nascer na África na miséria e num corpo doente?"

Resposta: Devemos lembrar que os magos negros são mestres em tentar burlar as leis do Cristo. Burlar eles não conseguem, mas postergar e procrastinar normalmente conseguem.

Imagine alguém que está no meio da selva com alguns alimentos perecíveis, eles normalmente não irão durar muito em meio ao calor e desidratação. Mas, com uma geladeira portátil, certamente irão durar mais. O que os magos negros fazem é a mesma coisa, usam "geladeiras" para tentar prolongar o processo de descida das toxinas astrais sobre o físico e sua atuação sobre o próprio perispírito. Falei sobre isso em um texto do blog sobre a criação da chamada "coluna artificial".

O processo da reencarnação ocorre na Terra como uma força da natureza, após determinado tempo o espírito é literalmente arrastado, vem de arrasto para a experiencia física. Espíritos que postergam demais tal processo acabam perdendo o corpo astral e iniciando um processo de ovoidização e em alguns casos atingem o estágio de ovóide petrificado, como acontece com os dragões. Ocorre que mesmo tal processo acontecendo com os dragões, eles conseguiram através da criação de corpos artificiais manter a manifestação das suas consciencias, mesmo sem um corpo astral e mesmo com o corpo mental inferior petrificado em forma ovoide. O problema para os magos negros é que eles não tem essa mesma capacidade, é como se a "geladeira" deles não fosse tão potente.

Então, de tempos em tempos, os magos negros precisam reencarnar. Podem postergar seu reencarne por séculos, até mesmo mais de um milênio, mas uma hora ou outra o desgaste sobre o corpo astral acometido pelas próprias leis do plano astral torna-se tão intenso que mesmo com alguns subterfúgios, eles não conseguem mais controlar a um nível satisfatório. Para evitar então a diluição do corpo astral eles aceitam a reencarnação, já que não podem evitá-la. Mas mesmo não podendo evitá-la, podem ainda utilizar algumas técnicas para que encarnem em condições menos desfavoráveis.

Normalmente buscam entre os encarnados espíritos que de alguma forma estejam ligados as suas falanges trevosas e através de certos pactos estabelecem uma intensa ligação fluidica, por vezes anos antes do futuro nascimento no mundo físico, com a mae que receberá esse espirito no utero. Nesses casos, quando ocorre o processo de fecundação, o espirito do mago já está tão ligado a mulher que impede, por exemplo, que outro espirito seja conectado ou até mesmo se aproxime da mulher que servirá como mae do mago das trevas que vai reencarnar

Da mesma forma, após tal processo ser feito com êxito, espíritos da confiança do mago, seus "braços direitos" trabalham juntamente com cientistas das trevas para evitar que durante a formação do corpo físico do feto uma grande carga de toxinas astrais do perispirito do mago negro "desça" diretamente ao físico. Normalmente, ao longo da encarnação, em virtude da grande egregora pessoal que possui, o mago negro consegue procrastinar a descida dessas toxinas ou de uma grande carga delas e normalmente permite que tal descida aconteça apenas mediante a inevitável morte do corpo físico, para aproveitar os momentos finais da carne para que o corpo físico sirva de mata-borrão das toxinas do corpo astral. Um caso famoso desses foi o descarne do mago negro Rasputin.

Quando o espírito abandona a militancia nas trevas e deixa de ser um mago negro para ser um "soldado raso" nas fileiras do Cristo, ele entende que precisa quitar seus débitos karmicos e que o proprio processo de enfrentar e superar doenças ajudará no seu crescimento moral interior, alavancando uma busca maior por um comportamento moral e espiritual melhor.

José Alencastro disse...

Nos próximos posts do blog a questão dos animais de poder, egrégora pessoal e também trazendo pistas interessantes sobre o local abaixo vibratoriamente do astral inferior, na contrapartida do astral intermediário, que está a sede de poder do Sol das Trevas. Uma pista: não é no Oriente Médio (a localização é revelada no final do livro Brasil: o Lírio das Américas.

Abraço

Estudo sobre o Espiritismo disse...

Bom dia amigo José, gostaria de lhe fazer uma pergunta, caso não seja incômoda. Não ficou claro particularmente, como se dar a encarnação desses magos, no que se refere: São os engenheiros biológicos que configuram o corpo físico que lhe servirá de guarida, ou são eles, os magos, que são detentores desse conhecimento, a ponto de manipular, confeccionar o corpo que lhe servirá?.

José Alencastro disse...

O que acontece na reencarnação é que o períspirito serve de molde para o futuro corpo físico que será desenvolvido no ventre materno.

A diferença é que ao invés de se submeterem ao tradicional planejamento feito para um reencarne (quando o espírito recebe o esclarecimento das questões kármicas que terá de resgatar e eventuais dificuldades físicas e do meio que precisará enfrentar), permitindo que os médicos do astral impeçam a descida de certos karmas do perispirito ao corpo fisico, permitindo apenas que desça, a tempo e a hora, as provações e/ou expiações necessárias ao processo evolutivo.

Ou seja, os medicos do astral ou "engenheiros biológicos" não configuram o corpo fisico futuro, eles configuram o perispirito do futuro encarnante, permitindo que algumas toxinas "desçam" e outras não, em tempo determinado (juventude, velhice), ou seja, trabalham diretamente no dna do perispirito e não do corpo fisico, que apenas reverbera as condições emocionais e mentais produzidas pelo espirito através do seu perispirito.

Pois bem, com os magos esse processo ocorre através das suas próprias equipes de cientistas e conhecimentos que eles desenvolveram (como a coluna artificial ou "geladeira") impedindo que seus karmas desçam ao corpo fisico ao máximo possível, aproveitando apenas ocasiões inevitáveis como o desencarne, para que uma grande descida ocorra (exatamente como no caso de Rasputin). É dessa forma que os magos da escuridão postergam suas dívidas kármicas, as controlam até certo ponto e conseguem encarnar em condições kármicas evitando certas provações e expiações por um tempo maior.

mcelo71 disse...

Olá José , li em seu livro que a nossa vida física aqui na 3º dimensão tende a se transformar , tendemos a viver num futuro em uma condição mais sutilizada que a atual, espero não estar fora do seu entendimento, por isso não posso deixar de fazer uma analogia quando leio aqui no seu blog essas questões de enfrentamento de guardiões destacando magias com os filmes cinematográficos que infestam nossas vidas principalmente em relação a magias, bruxarias, feitiços, etc...por exemplo estava observando um filme em especial, chamado Harry Potter entre outros vimos a capacidade dos personagem manipularem as energias da natureza através de artifícios como varinhas, cajados enfim, vc disse que quanto mais experiente o guardião mais fácil seria para ele levitar, volitar, teletransportar e manipular a energia , nossa isso parece filme, fazer uma comparação com o que está sendo mostrado em nosso cinema é inevitável, como você vê esses filmes hoje ? destacam alguma condição do nosso mundo num momento futuro, ou mesmo já mostra uma situação que acontece em outras realidades, dimesões ou mesmo tempo. Em uma condição mais sutilizada tenderemos a utilizar a energia mais ou menos dessa forma que esses filmes mostram de forma tão fantasiosa, digo isso por que nossos sonhos remetem a incríveis reflexões, em um determinado sonho estava manipulando um certo objeto e conseguia através do pensamento transforma-lo em no que queria, foi muito interessante pena que tbm um sonho muito rápido. Mas aguardo seu comentário se possível. Ok
Abraços.
Marcelo

João Gabriel disse...

Oi José, só para ficar claro, quando vc fala em postergar os efeitos das toxinas quer dizer os efeitos das leis do karma só vão se fazer sentir de forma mais efetiva quando o espírito se arrepender e buscar voluntariamente sua penitência? Foi esse o caso do rasputin?
Outra dúvida, tendo em conta a evolução do corpo físico para uma dimensão mais espiritual no futuro, esse livros teosóficos que falam das raças adâmicas e mencionam a miscigenação e a geração das 5ª e 6ª raça (inclusive com meção à raça "brasileira") estão equivocados?
Brigado pela paciência e dedicação. :)

José Alencastro disse...

Olá mcelo. A matéria no plano astral possui uma quantidade maior de fluido universal, a tornando mais sutil e suavizando forças como a gravidade e coesão atomica, o que facilita a ação de certas energias (tema amplamente abordado em um dos capítulos do novo livro) no mundo astral, como por exemplo a energia mental sobre a matéria astral, permitindo fenomenos como a levitação, transformação das formas materiais e teletransporte.

O que escritores e roteiristas narram são relatos intuitivos, memórias que emergem como "imaginação" sobre experiencias acontecidas no mundo astral. Pra quem realiza projeção astral, consciente ou semi consciente, tudo isso é facilmente comprovável. Abraço

José Alencastro disse...

Nem sempre João Gabriel. No caso do Rasputin, por exemplo, ele se viu em uma situação que a sua morte/desencarne era inevitável, então aproveitou tal oportunidade para desfazer certos comandos utilizados no seu próprio perispirito com o objetivo, ao desfazer esses comandos, que uma grande carga de toxinas karmicas artificialmente represada descesse de uma vez ao corpo físico, possibilitando que nas horas finais antes da sua morte, grande cota de toxinas fosse expulsa do perispirito através do corpo fisico.

Basta imaginar a seguinte imagem: um prédio com um sistema normal de encanamentos por onde flui o esgoto. Imagine que esses encanamentos vem programados para apresentarem determinadas falhas, furos, problemas em épocas especificas, a semelhança do corpo fisico que passa por uma doença de origem karmica, permitindo que toxinas desçam do astral para o físico.

Se a pessoa busca ajuda, uma reforma interior, ela pode ter essa falha temporariamente concertada, remendada, impedindo que toxinas continuem descendo, ao mesmo tempo que pode, durante esse tempo, "purificar" essas toxinas com a prática do amor, a semelhança de um prédio que trata seu esgoto, tornando aquela água menos suja.

O que os magos das sombras fazem é criar "remendos" com tecnologia a base de ectoplasma e radiação do Sol das Trevas nos pontos fracos do seu "encanamentos" astral, postergando a descida de toxinas ao corpo físico e em muitos casos a própria deterioração do corpo físico. Ocorre que mesmo essa estratégia tem certos limites técnicos, por isso de tempos em tempos eles precisam reencarnar e aproveitam, em muitos casos, o momento do desencarne para drenar o máximo possivel de toxinas do astral para o físico.

Abraço

Denis Rafael disse...

No caso do Rasputin existem profecias cumpridas do mago negro. É possível um mago negro ou um Dragão ter acesso ao futuro e realizar uma profecia?

José Alencastro disse...

Sim, é possível sim Denis.

Falei sobre os "fluxos de tempo" em um post recente na fanpage: https://www.facebook.com/josemaria.alencastro2036/photos/a.366298710058766.83206.360490373972933/795654317123201/?type=1&theater

Apesar da baixa moral, os dragoes e magos negros possuem grande conhecimento no campo mental e justamente por conseguir adentrar em um plano mais abrangente que o astral (falo bastante sobre isso no novo livro) conseguem ter uma visão mais ampla do que a maioria dos encarnados e desencarnados das linhas ou fluxos temporais.

Fabrício E. disse...

Primeiramente parabéns pelo novo livro. Muito bom e acredito que deu uma boa idéia sobre o futuro do Brasil. Tenho mais confiança que a alta espiritualidade tem mais controle sobre o que acontece no plano físico. As vezes penso que o país tem o governo que merece, mas visto a facilidade de usar o povo como massa de manobra, enganar e confundir usando simples artifícios, devido a falta de educação, que acredito ja ser deixada neste estado para facilitar o processo do "curral eleitoral", seria muito fácil o país ser controlado por magos negros ou outros de má indole. Eu pessoalmente perdi minha fé na politica, vendo todas as promiscuidades que estão vindo a tona. Imagino o que ainda não está por baixo dos panos. Apenas com intervenção divina pra alguem com carater conseguir chegar no poder.

Gostaria de tirar uma dúvida. Tendo em vista toda violência, degeneração da sociedade, casos escabrosos que viraram rotina, qual a visão da alta espiritualidade sobre o armamento em casa, para proteção? No livro dos espírios é dito que temos o direito de nos defender, se não os maus tomariam conta, e a polícia não tem preparo e nem contigente para fornecer esta segurança. Também acredito que seja importante confiar em Deus, e que nada acontece sem sua autorização, mas também nos é recomendado olhar para os dois lados da rua antes de atravesa-la não é mesmo. Apenas esclarecendo que não possuo arma, mas sempre gostei de artes marciais e ter idéia de como me defender e defender a quem precise, mas hj em dia isto n vale quase nada. Qualquer pessoa armada destrói uma família em alguns instantes. Espero que você e os guardiões que trabalham com vc possam nos esclarecer um pouco, e mostrar uma visão sobre o assunto.
Obrigado

Ah, outra dúvida. O desenho da capa de trás do livro, da guardiã. desde a primeira vez que vi achei muito bonito, e depois vendo a descrição dela, idéntico. Alguem fez pra você ou achou por "coencidência"

marellabr disse...

Olá José..
acompanho a tempo as suas publicações com interesse.Esta vez gostaria lhe fazer uma pergunta...o que acha; como ve a fugura da segnora...Elena Petrova Blavaski---Ele veio para acordar a Humanidade com os livros da dott,secreta?por favor se pode me esclareça--como é vista no astral?
Desde ja agradesso