5 de out de 2011

Brasil na rota do satélite alemão Rosat


O satélite alemão Rosat, com previsão de queda para o dia 11 de outubro de 2011 pode cair em solo brasileiro, de norte a sudeste. Ao contrário de boa parte dos satélites que orbitam a Terra e que um dia irão cair, normalmente se desintegrando em vários pedaços menores, esse satélite está na lista minoritária de satélites construídos para resistir a reentrada na atmosfera terrestre, ou seja, não se desintegram mediante a alta temperatura durante a queda. O satélite tem entorno de 2 toneladas e meia de peso. Desse peso, 400 kilos está numa peça única chamada espelho primário e outros 1600 kilos distribuídos em materiais de fibra de carbono e vidro, altamente resistentes ao calor. Essas duas massas distintas no satélite devem resistir à entrada, que será a uma velocidade de 450 kilômetros por hora.

Eventos como esse tendem a se repetir no futuro e farão com que o homem tenha maior atenção com os sinais que vem do céu, para a grande hora que se aproxima mas que muitos ainda julgam estar numa era longínqua daqui a séculos ou milênios.

Quem quiser acompanhar a trajetória do satélite nos próximos dias , basta entrar nesse site: AQUI  

Nenhum comentário: