17 de abr de 2018

A Guerra na Síria - A Morte de Putin em 2026 - A Terceira Guerra Mundial


Para compreender a questão do conflito espiritual na Síria e todo o trabalho dos guardiões, mapeando esse conflito a mais de 5 anos como relatado aqui no blog é fundamental ler o link ao final desse post (Questões geopolíticas, proféticas e espirituais do conflito na Síria) bem como outros links que explicam a questão profética da terceira guerra e o cronograma dos guardiões até o ápice dos eventos em 2036. Então amigo leitor, após ler esse post bem sucinto, caso queira se aprofundar no tema os links estão aí. 

Vamos entender os últimos eventos ocorridos na Síria: informei no começo de março (dia 08) que teríamos duas ações bem definidas: uma retaliação americana por conta do atentado contra o agente duplo russo em solo inglês até o dia 23 de março (Os EUA retiraram vários diplomatas russos do seu território pouco mais de uma semana depois dessa previsão) e uma missão que os guardiões realizariam na Siria com o intuito de resgatar desencarnados que estão em feudos umbralinos a partir do dia 31 de março. Foi exatamente isso que aconteceu, pois entre o dia 31 e 01 ocorreu uma espécie de trégua, permitindo o resgate de pessoas na cidade de Douma (lembrando que a missão foi divulgada 20 dias antes).  Maiores informações aqui:



Poucos dias depois, no dia 7 de abril, em uma região mais ao norte de Douma, ocorreu um ataque químico patrocinado pelo regime de Assad (defendido por Putin) e poucos dias depois desse atentado uma ofensiva militar de EUA, Grã Bretanha e França para destruir fabricas de armas químicas na Síria. Ou seja, a ofensiva contra Putin (sobre seu principal aliado no Oriente Médio, Assad) iniciada a partir de 31 de março pelos guardiões superiores como previsto continuou e resultou em mais um duro golpe contra o regime ditatorial de Assad patrocinado pelo Kremlin.

A batalha será longa pois há diversos interesses geopoliticos envolvendo as principais potencias do mundo na região e o ponto principal dessa batalha, como já explicado nos livros e nos textos do xadrez mundial é enfraquecer Putin, pois enquanto ele estiver vivo (e influenciando diretamente o governo russo) a situação não terá um fim.  Dito isso vamos a algumas perguntas e respostas rápidas sobre o conflito:

Pergunta: Teremos uma terceira guerra mundial agora?

Resposta: A resposta é não. O grande confronto das nações do mundo acontecerá e terá a duração de 5 meses, como já foi explicado nas profecias do Apocalipse (capítulo 9), nas profecias de Parravicini. Esse confronto será o gatilho para o grande expurgo ou exílio planetário e as próprias forças do planeta impedirão uma hecatombe nuclear, desencadeando eventos de ordem natural também previstos no Sermão Profético e no Apocalipse. Portanto, não se trata de saber SE teremos terceira guerra, pois ela é inevitável e prevista no contexto de transformações da Transição Planetária, tal fato é apenas negado por quem nega as profecias ou acredita saber mais do que Jesus e os principais profetas que já explicaram, em detalhes, como será o cenário de profundas mudanças do expurgo planetário, profecias cumpridas até aqui com altíssimo grau de acerto por esses grandes profetas.  

Pergunta: Putin e Trump são seres de luz trabalhando pela paz mundial?

Resposta: A resposta é óbvio que não. Somente canalizadores sem qualquer conhecimento da realidade espiritual podem divulgar uma estultice desse tamanho. Reparem que quem divulga esse tipo de bobagem (entre outras, como a teoria de Nibiru) nunca trouxe qualquer informação sobre o futuro próximo que tivesse se concretizado, ou seja, não possuem contato real com os guardiões e espíritos extraplanetários que cuidam da Transição Planetária, pois caso tivessem contato com esses seres superiores teriam acesso as informações sobre o que está sendo planejado para ocorrer em curto e médio prazo, como tenho feito aqui e mais recentemente com as informações de março sobre o conflito geopolítico envolvendo Síria, Eua e Rússia. Por último e a questão mais óbvia: se ambos fossem seres de luz, pacifistas, já teriam se reunido para resolver a questão diplomaticamente, o que sequer foi cogitado por qualquer um dos lados.  

Pergunta: Putin é o rei do terror previsto por Nostradamus?

Resposta: Sim, sua ascensão como primeiro ministro aconteceu exatamente em agosto de 1999 (ver link com maiores informações ao final do post) e segundo o planejamento do cronograma mundial dos guardiões, de acordo com as próprias previsões do homem da túnica azul, seu desencarne acontecerá em 2026, exatamente dentro do período de 2018-2029 programado para o combate as milícias umbralinas na Rússia.  
  
Centúria 10 Quadra 72

“Em 1999 e sete meses,
do céu virá um grande rei do terror.
Ressuscitará o grande rei D’ANGOLMOIS.
Antes que Marte reine pela felicidade”


Centúria 8 Quadra 77

O 3º Anticristo será cedo aniquilado
27 anos sangrentos durará sua guerra.
Os hereges estarão mortos, cativos, exilados.
Sangue, corpos humanos e água vermelha cobrirão a terra.


É importante não confundir esses 27 anos com os 25 anos de guerra citados na carta a Henrique que foram devidamente interpretados em um post do blog também linkado ao final desse post. 

Pergunta: Quais os grupos envolvidos nesse conflito?

Resposta: Não temos mocinhos nessa história. O governo de Assad, que sucedeu seu pai não foi eleito democraticamente e só existe porque consegue controlar as forças armadas. Assad é de uma minoria (alauita) que junto com os cristãos correspondem apenas a 20% da população Síria em contraste com a maioria sunita que em 2011 tentou derrubar o regime de Assad com protestos na rua, que foram reprimidos violentamente pelo regime sírio. Teve início então a guerra civil síria, que reúne o governo de Assad apoiado por russos, iranianos e turcos, estes últimos interessados em combater o avanço dos curdos (grupo muçulmano) que deseja criar um território na fronteira da Síria com a Turquia. Os curdos, sunitas e o estado islâmico lutam para derrubar o regime de Assad e contam com o apoio da Arábia saudita (berço dos wahabitas ou radicais islâmicos), dos EUA e da Europa. Apesar de pertencentes ao mundo islâmico, os curdos, sunitas e estado islâmico lutam também entre si ainda que com o mesmo objetivo de derrubar o regime de Assad 

areas controladas na síria, divisão de forças na síria




Pergunta: O ataque com armas químicas por parte do governo Assad é fake news?

Resposta: Surgiu nos últimos dias a retórica de que o ataque com armas químicas teria sido realizado pelos rebeldes do estado islâmico com o intuito de fomentar uma reação do Ocidente sobre Assad, pois teoricamente Assad não teria motivos para usar armas químicas já que estaria vencendo a guerra e saberia que um ataque químico despertaria uma reação do Ocidente e além disso não haveria provas do ataque por parte de Assad. Tudo isso é mentira. Há fontes (jornalistas e testemunhas que sofreram o ataque) que relataram o mesmo modus operandi do ataque anterior ocorrido um ano antes (e vastamente comprovado como realizado pelo regime de Assad) com a utilização de grandes barris atirados de helicóptero contendo o gás e logo em seguida caças atirando para destruir prédios de hospitais próximos para impedir o socorro às vítimas. Não bastasse isso o ataque ocorreu em um enclave de luta próximo a uma grande área (mais ao norte de Síria) controlada por sunitas (rebeldes sírios contrários ao regime Assad) e um pouco mais ao leste uma grande área controlada pelos curdos que impede o avanço de mais terroristas do estado islâmico. Não é coincidência que o governo Assad e a Rússia estejam buscando dominar primeiro a área dos rebeldes sunitas e deixar a grande área controlada pelos curdos para uma última ação, pois sabem que se investirem contra os curdos agora uma porta estará aberta para a entrada de mais terroristas do estado islâmico vindos do Iraque (fronteira com a Síria) sendo que a Arábia Saudita (berço dos wahabitas) continua financiando o estado islâmico, ao mesmo tempo que a OTAN continua armando os curdos. A guerra aproxima-se, cada vez mais, das fronteiras com a Turquia   

Questões geopolíticas, proféticas e espirituais do conflito na Síria:




As quadras de Nostradamus:




Os originais em francês das quadras de Nostradamus:




A profecia 555 de Parravicini:




A terceira guerra e os pássaros de aço:




A guerra de 25 anos:




Putin, o rei dos mongóis profetizado por Nostradamus:




O ápice em 2036 (super resumo):




Para conhecer as previsões cumpridas e saber como adquirir os livros (tanto no formato impresso e pdf) clique no banner:



14 de abr de 2018

Os Recentes Eventos no Rio de Janeiro – Motivos da Violência e Realidade no Astral


Quais os motivos para tanta violência no Rio de Janeiro? O que acontece nas zonas umbralinas do Rio de Janeiro? Como combater tantos problemas? Essas são algumas perguntas recorrente que tenho recebido e acredito que todo o carioca tem feito.

Tentarei simplificar ao máximo todas essas questões complexas com as informações básicas e necessárias para as primeiras reflexões sobre esses temas e ao final do texto deixarei alguns links com outros textos para aprofundamento dos temas. Dito isso, vamos lá.

Começarei com um trecho do enorme segundo texto da trilogia do Xadrez Mundial (link do texto completo ao final) que explica como o problema surgiu no RJ, adicionando alguns comentários:

Nos anos 60 o mundo vivia a realidade da guerra fria: EUA e Europa Ocidental polarizavam a luta por hegemonia política e econômica mundial com o bloco comunista liderado pela Rússia, que continha como aliados os países do leste europeu e também a China que não era a potência que é atualmente. Com a penetração de influência dos russos em Cuba (o socialismo moreno), o bloco russo desejava avançar sobre o Brasil, o que prontamente ocasionou a reação americana querendo evitar o comunismo no quintal da América do Sul. Por esse motivo os americanos motivaram e apoiaram a instauração do Regime Militar no Brasil, pois tendo a força das armas não haveria como um governo ou força política marxista tomar o poder. Sem conseguir tomar o poder pela força, o movimento marxista (sob a bandeira de socialismo e comunismo) resolveu adotar a estratégia de conquista cultural para gradativamente desestabilizar o poder vigente e conquistar apoio popular na busca por jogar a população contra o regime vigente, que na época era o militar.

Uma das estratégias comunistas para atacar seus adversários capitalistas do Ocidente desde a guerra fria foi a desestabilização interna (penetrando em guetos e localidades mais pobres como morros ou áreas carentes) através da máfia russa e venda de armas que criou uma base em Cuba que por sua vez treinaria guerrilheiros para a América do Sul, dando origem assim ao crime organizado no Brasil, que serviria para desestabilizar uma importante área de atuação dos EUA, tentando criar condições de desequilíbrio social que enfraquecessem o governo apoiado pelos EUA e permitisse a vinda de um "salvador", uma ideologia salvadora, um partido que trouxesse as soluções.

No caso do Brasil, especialmente do Rj e Sp os estrategistas vermelhos perceberam que devido a forte resistência do governo militar a revolução armada demoraria muito tempo e ao mesmo tempo seria impossível aparelhar ou penetrar ideologicamente no Exército (como foi feito na Venezuela), por isso mesmo investiram na estratégia gramsciana (marxismo cultural) de conquistar educadores (escolas, universidades) e a mídia (jornalistas,pensadores, artistas) que apoiassem a idéia de uma esquerda nova social democrata (que na verdade era o PT marxista sem nada de social democrata) que seria supostamente a solução para os anseios democráticos e de justiça social da população durante a ditadura  (quando na verdade o que o partido vermelho desejava era instalar um projeto de perpetuação no poder)

Abordei o tema no livro “Brasil: Ordem em Progresso” esclarecendo mais detalhadamente esse processo de sedução: disseminação de uma idéia (social democracia) que não condizia com os reais objetivos (marxismo, projeto de perpetuação no poder através da cooptação de agentes e instituições do Estado) para atrair ideologicamente pessoas ligadas à áreas estratégicas (educadores, jornalistas, artistas e a partir daí mais e mais pessoas) e atrair pela estratégia de firmar laços de confiança (aqueles que se mostrassem mais fiéis e influentes na disseminação da causa ganhariam benesses financeiras, como cargos e patrocínios financiados pela organização). 

Esse é o modus operandi da coisa toda, exposta nas suas entranhas com os famosos “mortadelas” pagos aos milhares para encherem (ao menos era essa a idéia) as manifestações ou ações orquestradas por alguma causa de interesse do partido. Na América do Sul esse modo de ação do marxismo ficou conhecido como populismo ou bolivarianismo. No Brasil o partido escolhido para ser o "Partidão" (a semelhança do partido comunista na China) foi o partido dos trabalhadores.

Mesmo trabalhando com sucesso na estratégia do marxismo cultural (gramscismo) e conseguindo as eleições presidenciais para o governo vermelho, o projeto marxista na América do Sul (que através do Foro de SP é apenas um braço, um tentáculo da verdadeira fonte que está na Rússia, sobretudo nos seus porões astralinos no Kremlin como abordei em textos e nos livros anteriores que escrevi), mesmo assim o embrião do processo revolucionário pela via armada prosseguiu, não apenas com a criação do "exército do MST" (segundo as palavras do próprio Lula em discurso) como também, desde a década de 70, através das associações nas entranhas do tráfico organizado (que em essência foi criado através da associação de guerrilheiros/presos políticos que ensinaram táticas de organização e guerrilha para bandidos cascudos do tráfico que estavam presos nas mesmas celas, foi assim que surgiram as facções criminosas organizadas), pois em última instância o governo de viés marxista sabia que não bastava sucatear o Exército (já que ele nunca compraria a ideologia marxista) mas também fortalecer a capacidade do tráfico e do crime organizado gerar instabilidade na sociedade, estratégia que como foi dito aqui foi realçada desde a época do governo militar.


Quem quiser conhecer um pouco mais de como tudo isso aconteceu na formação do crime organizado no Brasil, há vários textos na internet sobre o tema, mas destaco esse aqui:


Os discursos de "desarmar/acabar com a PM" ou defender os direitos humanos de prisioneiros cascudos (estupradores, assassinos) discursos tão presentes nos partidos de viés marxista (que tentam mostrar uma cara de sociais democratas descolados) é tão somente parte desse plano maior que visa criar instabilidades e terreno fértil para discursos populistas que possam seduzir novamente a população para a idéia de que somente a ideologia marxista (de suposta igualdade social mas na realidade de destruição da democracia e do Estado de Direito) resolveria tudo num passe de mágica.

Um interessante relato sobre isso está no vídeo a seguir de 5 minutos (veja antes de ler o resto do texto):


Hoje os principais revolucionários da causa marxista são os “operários do pó”, aqueles que dispõe de armamento pesado, “soldados” dispostos a morrer (os vida loka) que movimentam bilhões com o tráfico de drogas e outros crimes adicionais (roubos de cargas, sequestros) e são os responsáveis pela maioria das 60 mil mortes violentas que acontecem hoje no Brasil, que possuem ligação direta ou indireta com a ação do tráfico. Muita gente graúda ganha dinheiro com a carteira do tráfico, pois ela movimenta outros grandes negócios de aparência legal, mas que lavam o dinheiro advindo do crime organizado, o que permite como foi retratado nos filmes Tropa de Elite a eleição de políticos corruptos e o fortalecimento das chamadas milícias (a parte corrupta da policia)

Não apenas a favela ou conjunto de bairros mais pobres representam um grande mercado para a milícia (como foi mostrado principalmente no segundo Tropa de Elite) com os negócios de “pedágio” para venda de gás, gato net, vans e transporte como também para o tráfico de drogas, que por sua vez a partir desses pontos vai irrigar o fornecimento para todo o Estado e todo o país. Em tais pontos quando não há briga entre facções criminosas ou entre essas e milícias, há a união de alguns desses elementos para explorar em conjunto essa infinidade de recursos. Dito isso ficam duas perguntas:

Quem age tentando impedir que esse sistema todo continue existindo? A resposta: os bons policias, bons políticos e demais agentes da justiça que não estão envolvidos (cooptados) pelo tráfico ou pelas milícias e demais agentes graúdos do tráfico

O que alimenta esse sistema? Resposta: A venda de drogas e a corrupção

Com essas duas perguntas respondidas é preciso fazer mais algumas: a quem interessa tentar convencer a população que toda a policia é corrupta? A quem interessa liberar o uso das drogas? A quem interessa desarmar a policia? A quem interessa defender bandidos como vítimas da sociedade? A quem interessa fazer acordo com o tráfico ou com a milícia para colocar “projeto social” na favela (como mostrado no primeiro filme Tropa de Elite e realidade em muitos lugares do RJ) com o intuito de defender minorias, mas ao mesmo tempo disseminar o discurso de liberação das drogas, criminosos como "vítimas da sociedade burguesa opressora escravocrata" e  o discurso falacioso que a PM seria toda corrupta e violenta? A quem interessa estimular a sexualidade precoce em crianças com cartilhas impróprias nas escolas? A quem interessa motivar os funks proibidões e de letras chulas de estimulo sexual para pré adolescentes nas “festas” cheias de “glamour” nas “comunidades"?

Será que isso tudo interessa aos bonzinhos, aos bons espíritos encarnados trabalhando a serviço da luz? Será que alguém que defende essas pautas está a serviço da luz? Certamente que não, assim como os partidos políticos que defendem essas pautas, notadamente de viés marxista e com  o discurso falacioso de "justiça social e defesa das minorias" 

A situação astral do RJ e que reflete de forma hiperbólica o que ocorre nas zonas umbralinas de boa parte das grandes capitais do país é um reflexo dos encarnados que sustentam o tráfico de drogas, pois é o tráfico que dinamiza a egrégora do medo, que financia boa parte de festas e inferninhos onde ocorrem terríveis vampirizações, que fornece a droga, que cria elos simbióticos entre viciados encarnados e desencarnados e que desestrutura não apenas o ambiente familiar, mas também a cadeia produtiva do país. 

Quem ajuda e fomenta essa realidade é exatamente quem defende as pautas favoráveis ao tráfico e contrárias ao enfrentamento da bandidagem, tanto a civil como a formada pela milícia corrupta. Quem fomenta essa realidade é quem quer acabar com toda a PM e acha ruim o exército dar calor nos vagabundos.


Mas não há nada que esteja ruim que não possa ficar um pouco mais difícil. Como a oferta dos vícios, "prazeres" e estímulo à violência está cada vez maior na superfície e cada vez mais encarnados ficam sintonizados com essa realidade, muitas das estruturas que antes eram restritas às zonas umbralinas são erguidas agora na superfície, no astral intermediário. 

Isso por um lado facilita o trabalho dos guardiões de esvaziamento das zonas umbralinas ao mesmo tempo em que traz o confronto mais para a superfície. O negócio está tão intenso que agentes umbralinos já estão criando um sistema simplificado (computadorizado a base de créditos) que paga numa espécie de moeda digital astral por determinada cota de ectoplasma (o ouro das milícias umbralinas) que seja conseguida dos encarnados, cotas essas que criam os mais diversos negócios e trocas financeiras no astral da superfície terrestre, intensificando processos obsessivos alimentados pelos próprios encarnados. 

Como relato ao final desse texto nas soluções a longo prazo e para quem já acompanha todo o estudo sobre a transição planetária, exílio planetário, vinda da nova Era após os eventos cataclísmicos (ainda que tenha “médium” contrariando Kardec negando a vinda de meteoro) apenas virá após a retirada das almas pertinazes no mal e que alimentam todo esse sistema trevoso. Não se enganem, a grande onda que varrerá os litorais do Globo Terrestre não apenas arrastará muitos encarnados mas bilhões de desencarnados, sepultado definitivamente gigantescas egrégoras e estruturas trevosas construídas na superfície astral.

E à muitos médiuns aos quais nutro respeito, mas infelizmente tem se deixado levar por ideologias políticas totalmente equivocadas fica apenas o meu alerta: Não se enganem, quem defende esse tipo de sistema, apoiado por determinadas ideologias políticas, com tentáculos no físico e no astral, não está trabalhando a serviço da luz e, sobretudo não está trabalhando com os guardiões superiores, que prezam pela lei, pela ordem e pelo combate a corrupção, sobretudo através dos seus agentes encarnados como bons policias, o exército e os homens da justiça como aqueles que atuam na Lava Jato.

Torço, sinceramente, que tal alerta recorde do irrevogável cronograma que está em curso e vem sendo divulgado desde 2014 com alto grau de acerto. O tempo é curto e será ainda mais para quem ficar em cima do muro ou do lado errado.

Xadrez mundial – As raízes históricas da violência no RJ dentro da agenda marxista:


Soluções de curto, médio e longo prazo (primeiro comentário do link):


Carnaval, egrégoras e processos obsessivos no astral e no físico:  


Previsões cumpridas desde 2013, como adquirir os livros (clique no banner abaixo): 



7 de abr de 2018

Prisão de Lula - Mais Uma Previsão Cumprida


Demorou, mas finalmente a profecia foi cumprida. Ao longo da próxima semana escreverei um texto sobre o futuro próximo do Brasil detalhando as informações trazidas nos últimos meses na página e no blog e também no livro “Brasil o Lirio das Américas” de 2014. 

Nesse post vou relembrar a cronologia dessas profecias sobre a queda dos vermelhos e a prisão de Lula e para facilitar a leitura deixarei os links de referência ao final, para facilitar a leitura e quem quiser se aprofundar nos temas. 

Não esqueçamos do que foi dito, primeiro lá em 2014 e depois em dezembro de 2017, sobre o justiceiro Xangô, regente de 2018:

"Se em 2014 (início da Lava Jato) o Sol de Oxalá ajudou a trazer as claras as negociatas que precisavam sentir a mão e o machado do justo juiz Xangô, agora em 2018 Xangô contará com a foice afiada de Saturno agindo através de Omulu: trazendo a conta de tudo aquilo que foi trazido a tona quatro anos atrás" (11 dezembro 2017)

Exatamente o que estamos vendo, um ano de cumprimento da justiça como foi previsto no post sobre Xangô e Omulu. Junto a essa previsão dos orixás foi feita a análise astrológica de Saturno em Capricórnio:

“No final do ano de 2017 Saturno entrará no signo de Capricórnio, signo que é o regente, exatamente durante um grande ciclo de Saturno (2017-2052). Não bastasse isso, enquanto estiver em Capricórnio, Saturno terá a companhia de Plutão, sinalizando um período em 2018, 2019 e 2020 de intensas mudanças.

Se repararmos as três últimas passagens de Saturno por Capricórnio, em todas elas os militares ou políticos de direita ascenderam ao poder. Após a revolução de 30 o Congresso foi dissolvido e a junta militar cedeu o poder a Vargas até que uma nova Constituição fosse elaborada. Na passagem que envolveu a renúncia de Jânio e a subida ao poder do vice Jango (ambos flertando com o comunismo em um cenário de auge da guerra fria) já havia a movimentação do Exército para impedir a subida de Jango ao poder, acontecimentos que levaram aos eventos de 1964. Já no período mais recente tivemos novamente a criação de uma nova Constituição e a subida ao poder de um político de direita (Collor) para evitar a chega ao poder dos comunistas novamente (Lula)

Diante dessa análise ampla sobre a influência de Saturno e considerando o que já foi dito no livro “Brasil o Lírio das Américas” (2014) que previu a queda do governo vermelho e o crescimento dos militares (maiores informações no link ao final do texto) está muito claro o cenário de amplas mudanças que serão vivenciadas entre 2018 e 2020. Como já informei anteriormente (o estudo acima confirma novamente o que disse: não há a menor chance de um presidente marxista, socialista, comunista, gramscista subir ao poder, assim como políticos que representem a manutenção dos interesses do establishment ou do compadrio dos pequenos grupos que controlam grandes fortunas no país (esqueçam Huck, Meirelles ou qualquer outro candidato que esteja ligado a PT, PMDB ou PSDB)

O próximo presidente representará os valores da economia liberal, do conservadorismo e dos militares e qualquer tentativa de impedir isso (não cumprir com a lei do voto impresso, tentar anular a candidatura representante dos militares) encontrará forte ação na forma de INTERVENÇÃO como já aconteceu nas passagens anteriores de Saturno.” (11 de novembro de 2017)

Essa análise ficou bem clara ainda antes em 2014 no livro “Brasil o Lírio das Américas”:

"Quando a violência estiver numa crescente, diante da insatisfação de alguns ramos da população interessados na volta da concentração do poder político nas forças que antes utilizavam cargos políticos e comissionados como moeda de troca, surgirá um movimento dentro do Exército, de apoio às manifestações e reformas políticas populares e democráticas. O mundo passará, nessa época, por um cenário de lutas e conflitos e o país sentirá o anseio de valorizar sua força militar ao mesmo tempo a própria segurança interna, em virtude dos problemas com violência e drogas" (livro "Brasil o Lírio das Américas, página 302)

Ainda dentro dessas previsões tivemos as seguintes:

"sendo possível que um novo escândalo, ainda maior que o mensalão, apareça nas manchetes dos jornais podendo envolver inclusive gente mais poderosa." (1º de janeiro de 2014)

"Brasil, seu caminho de mudanças será decidido ENTRE 2014 e 2018. Postergado talvez, evitado, jamais. Seu povo escolherá se deseja liderar o PROCESSO DE MUDANÇAS NAS AMÉRICAS ou se será levado. Novo até 2018, renovação completa entre 2022 e 2029." (1º de janeiro de 2014)

"Essa REVOLUÇÃO ESPIRITUAL terá sua contrapartida no mundo físico. O que foi visto em junho de 2013 é apenas uma pálida imagem do que vem por aí. A história nos conta que todos os grandes impérios tiveram sua ruína exatamente quando a corrupção, os desmandos, a sede pelo poder atingiu seu ápice e estamos vendo isso aqui no Brasil, o grande império da America do sul, que esse ápice não esta longe de acontecer, o atual sistema que rege esse "império" vai ruir em breve." (texto publicado em 17 de março de 2014, exato dia do início da Lava Jato)

No livro "Brasil o Lírio das Américas" lançado em setembro de 2014:

– Você saberá em breve, mas já existe um plano bem definido para os próximos 4 anos, dentro deste projeto, para evitar o avanço de idéias alinhadas ideologicamente ao comunismo e ao socialismo, principalmente no Brasil, Venezuela e Argentina, entre final de 2012 e final de 2016, portanto." (Brasil o Lírio das Américas, página 236)

"A partir de setembro de 2015 se inicia o novo ano do Brasil nos arcanos maiores, que será regido pelo arcano 13 (a morte) mostrando o início de algo muito diferente ou, a nível literal, a morte de algum partido ou grande força política do governo. O fim de um ciclo, o início de uma nova situação, claramente pelos idos de setembro de 2015 até setembro de 2016. Os partidos e políticos que participaram mais ativamente dos esquemas de corrupção sentirão a mão pesada de Ogum no início de um forte processo de transformação que será ainda maior na década de 20, como descrito no livro Brasil o Lírio das Américas." (Publicado dia 2 de janeiro de 2015)

SOBRE A PRISÃO DE LULA

Previ inicialmente que Lula seria preso até o final de 2017, depois até o final de abril (inclusive detalhando o que aconteceu em boa medida no julgamento do STF, só que como a sessão foi atrasada para março, aconteceu um pouco após o final de abril) e por fim a previsão do voto decisivo de Rosa Weber pela prisão, publicada com detalhes certeiros duas horas antes da divulgação do voto dela que a maioria acreditava que seria para ajudar Lula. Apesar dos pequenos atrasos, explicados num dos links ao final, os detalhes previstos ocorreram com informações trazidas de forma pioneira:

"Lula será preso. Como foi esclarecido aqui no blog nas previsões para setembro a dezembro de 2016 (pesquisem no blog) aconteceria um aceleramento da justiça sobre o ex presidente e a prisão de figuras políticas importantes, o que realmente aconteceu. Nesse período Lula foi denunciado 5 vezes e várias delações avançaram. Apesar da resistência adicional, a prisão acontecerá. O final dessa história está no livro "Brasil: Ordem em Progresso" Não apenas será preso como ficará inelegível (condenação em segunda instância) antes de 2018" (26 de dezembro de 2016)

"Então Zé o que se desenha no horizonte? Acredito que o STF não vai atropelar o ordenamento jurídico e, por isso, permitirá a prisão de Lula agora antes do final do mês." (21 de março de 2018)

"Lula deverá provavelmente as 19:10h do dia 4 de abril ter o seu destino definido pelo STF quanto a questão do habeas corpus. Considerando o seu mapa natal e o mapa do dia do julgamento, Lula está condenado. Rosa deve tomar uma decisão com base técnica  assumindo uma postura corajosa no voto o que mostra que a ministra estará suscetível às recentes manifestações do Alto comando militar. Todas essas posições apontam para uma resistência de Carnen Lucia em não pautar o julgamento de segunda instancia, mas tão somente o caso especifico de Lula o que será decisivo para o voto de Rosa Weber pela manutenção da prisão em segunda instância"(texto publicado em 4 de abril, as 17h, quase duas horas do voto decisivo de Rosa Weber, iniciado as 18:40 e terminado 19:20, voto que confirmou todo o estudo astrológico)

Todas essas previsões apontam que não apenas a queda de Lula como dos vermelhos foi prevista, com profundidade e em primeira mão aqui nesse espaço, desde inicio de 2014 quando isso parecia impossível e nenhum outro médium ou espiritualista falava sobre essa possibilidade que começou a ganhar outros textos e outras vozes no meio espírita e espiritualista exatamente a partir desse material que trouxe a partir de 2014.

Por esse pioneirismo e pela alta quantidade de acertos e detalhamento em prever o cenário que se concretizou quero deixar meu agradecimento às equipes de guardiões de Anik e Jeremias que confiaram a mim essas informações que se comprovaram verídicas, assim como agradecer pelo amplo suporte que sempre recebi deles para enfrentar com coragem todos os desafios que esse trabalho trouxe. E você leitor, que seja desde 2014 ou mais recentemente está acompanhando as previsões ou leu os livros, obrigado pela confiança. Momentos como esse de hoje fazem com que todos os esforços tenham valido a pena 

Todos os links para o aprofundamento dos estudos:


União da população nas ruas e dos militares por reformas:


Previsão do voto decisivo dado por Rosa Weber para a prisão de Lula:


Cronograma mundial para a América e Brasil:


Saturno mudanças coletivas no Brasil em 2018:


Previsão de Lula preso até final de 2017:


Previsão de Lula até final de março:


Impeachment Dilma:


Ano de 2018 Xangô com Omulu:

O desenrolar das profecias:




Livros em pdf e profecias cumpridas (clique no banner abaixo):