19 de out de 2012

A Aparência dos Futuros Exilados - O Exílio "The Walking Dead"

Gliese 581g - o mundo exilio no exilio planetário


Recebi essa pergunta hoje (19 de outubro) e resolvi publicá-la em forma de post no blog, pois esse era um assunto que eu já queria abordar há algumas semanas:

"Olá José, lendo sobre os exílios que ocorreram e que vão ocorrer fiquei curioso a respeito das mudanças na forma do perispírito que ocorrem durante os exílios planetários. Você tem idéia de como será a fisionomia dos espíritos no novo planeta? Pelo que já li sei que serão necessários alguns anos para o perispírito se adequar devido à diferença de densidade da matéria da Terra para a do novo planeta, mas a sua forma vai continuar como a nossa do Homo Sapiens ou vai ser ligeiramente diferente?" (Ricardo Couto)

Essa pergunta foi feita no post "Os outros exílios além de Capela"AQUI

Um complemento desse post está em um texto publicado na fanpage "Os outros exílios além de Capela, dos dragões à Atlântida"AQUI


Olá Ricardo, esse é um tema muito interessante e inclusive foi mencionado no Apocalipse como “a segunda morte” (Apocalipse 20:6 e Apocalipse 20:14), ou seja, além da morte do corpo físico e do duplo etérico que morrem na “primeira morte”, os exilados passarão por uma “segunda morte”, tendo que deixar os elementos pertencentes ao princípio material que existe tanto no corpo astral como no mental inferior (os três corpos superiores não possuem principio material mas tão somente fluido universal). Dessa forma, os exilados serão levados para o mundo exílio com um corpo astral e um corpo mental inferior que conterá apenas o fluido universal que forma esse corpos envolvidos por um principio material provindo da nuvem energética emanada por Alcyone A (Eta Tauri) que muitos conhecem como “cinturão de fótons”, criando assim um corpo semi material (perispirito) com elementos materiais que não são nem da Terra e nem do futuro mundo exílio.

Dessa forma, o perispírito dos futuros exilados não levará elementos materiais oriundos da Terra, mas levará impresso no seu perispírito, através do fluido universal que existe tanto no atual corpo astral como no mental inferior, características genéticas que representarão avanços físicos graduais, quando esse perispírito receber os elementos materiais do futuro mundo exílio, assim que o espírito exilado com seu perispírito adentrar nos domínios do astral dessa futura morada. Com o passar das encarnações, essas características genéticas mais avançadas do perispírito dos exilados em comparação com o perispírito dos moradores que já vivem nesse mundo exílio começarão a trazer avanços graduais, a semelhança do que ocorreu com a atual humanidade, do homo erectus ao atual homo sapiens sapiens.

A fisionomia do corpo físico dos exilados no mundo exílio será semelhante a do homem de neandertal, na verdade eles trarão uma mudança genética semelhante aquela que deu fim ao homo erectus e origem ao homem de neandertal. (que significa vale do homem novo) a aproximadamente 300 mil anos atrás na Terra. O mundo exílio será semelhante a Terra de 200 mil anos atrás e aqui vale ainda mais uma consideração, pois acredito que não teremos apenas um único mundo exílio, mas vários que orbitam a estrela vermelha Gliese 581.

o mundo exilio

Tudo na Alta Espiritualidade e seus engenheiros siderais obedece um cronograma lógico e perfeitamente ordenado, visando um processo evolutivo que seja o mais eficiente e menos traumático possível, dessa forma esses grandes cientistas, sabendo de antemão que bilhões de espíritos não aproveitariam a oportunidade de evolução do atual ciclo provacional da Terra que chegará ao fim em breves décadas, também preparam os mundos exílios que no futuro viessem a receber os exilados da Terra com formas perispirituais e físicas mais adaptáveis a forma atual do perispírito da atual humanidade e que também servissem como veículo necessário para a repetição das provas que não foram aproveitadas pelos exilados durante sua estadia na Terra .

Sendo assim, os futuros exilados, com suas características genéticas impressas no fluido universal que existem em seus perispíritos, fará com que surja no meio da humanidade do mundo exílio uma espécie semelhante ao homem de neandertal, muito adaptada ao frio, muito musculosa e com um cérebro com capacidades de concatenar informações e inclusive possibilitando uma fala com alguma articulação nas palavras. A escolha desse tipo de espécie semelhante ao neandertal também tem como objetivo propiciar um corpo físico mais robusto para os perigos naturais que os exilados terão de enfrentar após um período de algumas encarnações quando essa espécie estará plenamente fixada no mundo exílio.

Naturalmente ocorrerá um período de adaptação, até que o perispírito dos futuros exilados esteja perfeitamente adaptado ao corpo físico do mundo exílio. E nesse período que será de algumas encarnações, a Alta Espiritualidade aproveitará para drenar ao máximo as toxinas kármicas que os exilados da Terra trarão impressas no seu “código genético astral”, fazendo com que nas primeiras encarnações tanto ao longo da infância como na adolescência, em algum desses momentos, os futuros exilados terão uma aparência bem semelhante a dos zumbis que aparecem na mídia desde o famoso clipe do Michael Jackson, passando por grandes sucessos de bilheteria como “Resident Evil” ou ainda o mais recente “The Walking Dead”.  

exilados zumbis, exilados walking dead

Inconscientemente a humanidade apesar de sentir temor por essa figura arquetípica , também sente de alguma forma alguma ligação, como se algo ali fosse familiar e realmente será para 2 terços da humanidade. Os “zumbis”descritos nessas obras artísticas trazem uma aparência muito semelhante com aquela que os corpos físicos das primeiras encarnações dos exilados no mundo exílio terão: dificuldade para andar, feridas por parte do corpo, dificuldade para falar e com funções cerebrais bem limitadas.

Muitas teologias inclusive, sobretudo a protestante, falam em uma “ressurreição dos corpos mortos”, algo que também nada mais foi do que um vislumbre da realidade dos futuros exilados que realmente serão ressuscitados em corpos físicos nas suas primeiras encarnações no mundo exílio semelhantes aos dos zumbis da ficção terrestre.

Todos esse processo doloroso nas primeiras encarnações evitará que os futuros exilados reacendam antigos ódios ou guerras atrozes entre si, criando uma contenção natural que os convidará a duras reflexões sobre a sua condição. Após esse primeiro passo, que deverá levar algumas encarnações, se estabelecerá então uma nova espécie no mundo exílio, semelhante ao homem de neandertal de 200 mil anos atrás e assim uma jornada evolutiva de milhares de anos até que apareça uma espécie semelhante ao atual homo sapiens sapiens. Postos mais avançados de evolução, com instrutores espirituais também nascerão à semelhança da Atlântida, uma colônia astral localizada no chacra mais energético do planeta Terra e que de tempos em tempos se materializava no antigo continente físico que sofreu vários afundamentos até desaparecer, novas lendas a respeito de “anjos” e “gigantes” serão criadas.

Muitas pessoas inclusive têm sonhado e até mesmo se desdobrado para localidades no astral intermediário da Terra onde tem a oportunidade de ver imagens ou até mesmo experimentar um “tour mental” pelo mundo exílio (algo semelhante ao que acontece no “O Vingador do Futuro”) vivenciando certos acontecimentos e trazendo para as lembranças físicas parte daquilo que vivenciaram,  tudo isso com a colaboração dos mentores e espíritos amigos que tentam usar desse tipo de experiência para motivar através da forte impressão que a pessoa passa ao ver e sentir a realidade terrível do mundo exílio, um desejo de mudança moral que permita a essa pessoa tentar se salvar do exílio através de uma profunda mudança moral. 

Tour mental no plano astral - o vingador do futuro

Muitas pessoas que tem vivenciado suas primeiras experiências em desdobramento, guiadas por mentores e espíritos amigos, acreditaram que estiveram em zonas umbralinas do astral inferior mas muitas delas foram levadas pra enxergar a realidade do mundo exílio através das escolas que existem no astral intermediário. O fascínio atual que muitos têm em relação a algumas séries com essa temática de “zumbis” nada mais é do que um reflexo dessas experiências e de uma lembrança quase inconsciente, muito mais uma sensação, que os mentores e amigos espirituais tentam plantar para motivar uma mudança moral nessas pessoas.

Fanpage Profecias o Ápice em 2036 no Facebook:
        

44 comentários:

Alexandre T disse...

Caro José, pelo que entendi, então aqueles que vivem na Terra e serão exilados jamais poderiam ir para um planeta onde as feições físicas dos habitantes fosse parecida, por exemplo, com as feições de alguns extraterrestres descritos por pessoas que dizem tê-los visto, como os "greys", certo? Se é que esses "greys", de pele cinza e enormes olhos, realmente existem... Pois a deferença física é enorme! Mas os dragões não se recusaram a reencarnar na Terra justamente pela forma física dos "terráqueos"? Não seria muito diferente da forma deles em seu planeta de origem?

E se serão "vários mundos" ao redor de Gliese 581, em todos eles os habitantes serão parecidos fisicamente? Terão alguma ligação genética?

José Alencastro disse...

Olá Alexandre, pelo que eu pude estudar sobre o assunto com as informações que tive acesso, especificamente no caso dos exilados da Terra para os mundos exilios as feições e composição física não serão muito diferentes daquilo que conhecemos como o homem de neandertal, pois esse tipo físico propiciará condições para uma melhor defesa em um mundo hostil, muitos pêlos pra suportar o frio já que prioritariamente os mundos que orbitam Gliese 581 tem clima muito frio. Caso esses espiritos exilados fossem alocados nesse tipo de mundo selvagem com corpo como os dos greys, sem pelos, com pouca musculatura dificilmente eles sobreviveriam, além do que a experiencia provacional no mundo exilio é justamente para que se aproveitem as limitações naturais de origem intelectual do cerebro fisico desses corpos e de todo o seu sistema nervoso, criando assim dificuldades para os futuros exilados, ao contrário do biotipo dos greys que já é mais adaptado para um modelo de consciencia mais ampla, devido a olhos maiores e um cerebro maior.

A forma física dos dragões, quando vieram pra Terra a aproximadamente 1 milhão de anos, era semelhante a dos atlantes da ultima era de ouro(a aproximadamente 12 mil anos), um modelo genético mais avançado que é atualmente o homo sapiens sapiens, não apenas por causa da beleza física mas pela capacidades psíquicas, como as glandulas do timo e da pineal mais desenvolvidas, além de um sistema nervoso que tinha maior controle sobre a energia eletromagnetica da aura (campo energetico que envolve todo o corpo fisico e se expande de 2 a 3 metros pra fora do corpo), permitindo fenômenos sobre a lei da gravidade que muitos julgariam impossiveis nos dias de hoje. A cabeça era um pouco maior em comparação com um ser humano que hoje tivesse 2 metros ou 2,20, com olhos ligeiramente mais afastado um dos outros, nariz menor mas um pouco mais alongado (para absorver com mais facilidade o fluido universal através do ar).

Em virtude disso tudo os dragões não aceitaram reencarnar no seio do homo erectus naquela época.

José Alencastro disse...

Essas informações explicam porque alguns médiuns e espíritos amigos que trouxeram informações a esses médiuns criaram grande confusão entre dragões e magos negros, pois a aparência física dos magos negros encarnados na época do último afundamento da Atlântida era bem semelhante a aparencia astral que os dragões mantinham e ainda mantém artificialmente.

Inclusive no livro "Os Dragões" do espirito Maria Modesto os dragões são literalmente confundidos com os magos negros capelinos que vieram para a Terra e encarnaram nas décadas finais da Atlantida a quase 12 mil anos, justamente por essa aparência semelhante.

Alexandre T disse...

Obrigado, José!

Gedielson disse...

Namaste, José! Ótimo texto, como sempre.

Mas e quanto aos que permanecerem aqui na Terra, após a saída dos exilados? Sofrerão alterações em sua aparência física, de ordem adaptativa (claro, no decorrer das reencarnações)? Há informações sobre a transição sequencial à esta próxima (quando a Terra passará de mundo em regeneração para o "próximo estágio")?

Obrigado pela presteza.

Paz e Luz

Monique disse...

Muitas pessoas são fascinadas por esses seres tanto zumbis como os Ets, porém eu Tenho um pavor enorme, tanto para fenomenos psiquicos de obsessão, zumbis e principalemnte ETs.
Nunca entendi esse pavor, o meu instinto me mantem longe dessas "séries" novas...

Gostaria de saber se nosso espirito guarda lembranças ruim quanto a esses seres ou é apenas um temor comum q algumas pessoas carregam?

José Alencastro disse...

Olá Monique, certamente que o espirito guardas lembranças e que por algum motivo podem vir a tona, é o que a Apometria chama de "faixa de passado aberta" quando algum trauma ocorrido em encarnação pregressa ou no período da erraticidade (o entre encarnaçoes) aflora no cerebro fisico. Seria interessante que você buscasse o atendimento junto a um grupo espirita ou apometrico pra analisar a origem desse grande temor, pois pode ser alguma experiencias traumatica que ocorreu no passado em regioes do astral inferior.

José Alencastro disse...

Amigo Gedielson, quando ao próximo ciclo evolutivo após o ciclo de Regeneração eu sequer ouso tentar ver alguma coisa, pois é algo muito além da nossa realidade, mas posso supor que no ciclo que vier após o de Regeneração não precisaremos nem mais de corpo astral e provavelmente nem mais de corpo mental inferior. Além disso eu sinceramente não sei.

Quanto as mudanças no corpo fisico da humanidade durante a Era de Regeneração, eu acredito que serão muitas. Acredito que em mil anos aproximadamente do inicio da Era de Regeneração (2072) gradativamente o corpo físico humano passará a ser menos material e cada vez mais próximo ao que é hoje o corpo astral, fazendo com que a vida deixa de existir no plano fisico e passe a existir no astral.

Nesse processo acredito que muitas das antigas funções que existiam no corpo físico dos atlantes, que tambem era de uma natureza menos física do que da atual humanidade, serão reativadas, com a potencialização de glandulas como a pineal e o timo e o enfraquecimento de outras como por exemplo no caso dos homens, a prostata.

A alimentação tende a ser cada vez mais energética e menos física, dessa forma o homem do futuro aprenderá a utilizar melhor seus chacras na captaçao de energia e fortalecimento do seu "tanque energetico" (duplo eterico), dessa forma o homem descobrirá com novos equipamentos formas abundantes de energia, ligadas ao fluido universal que inunda toda a Terra e a partir daí revolucionará a forma como alimentará e manterá seu corpo físico, assim como os equipamentos e ferramentas que utilizará no seu dia a dia no planeta.

O corpo fisico será maior, a semelhança do que era na antiga Atlantida, com um sistema nervoso e linfático mais amplo. A cabeça e a parte superior do tronco serão proporcionalmente um pouco maiores, assim como as pernas , devido a necessidade de ampliar a absorção de energia telúrica. Serão corpos mais simétricos e cada vez mais próximos ao corpo astral, ao que chegará o ponto em que o corpo físico será substituido totalmente pelo corpo astral, quando o "molde" físico se tornar praticamente igual ao astral.

Bruxinha Renata disse...

olá José,

Vou pegar carona no comentário da Monique e vou falar de experiências que sempre tive desde os 5 anos. As vezes, quando estou muito concentrada em alguma atividade, de repente minha mente sai da consciência e começo a ver imagens muito ruins, de pessoas sendo queimadas em um lugar escuro, com muito fogo, elas vão ficando com formas de zumbis mesmo, meio caveira meio gente, e depois elas vão derretendo e virando um líquido branco, tipo leite... o que será isso José? Da onde poderão vir essas lembranças? Será que já estive no Umbral? Depois que comecei a frequentar um centro espiritualista nunca mais tive essas visões, o que será que sempre vi? Tenho essa curiosidade, mas nunca perguntei isso pra ninguém... acho que essa dúvida tem a ver com minha evolução espiritual, me responda por favor!!! Obrigada!

José Alencastro disse...

Todos nós em algum momento da nossa jornada evolutiva passamos pelo umbral Renata, afinal todos em algum momento cometemos erros, crimes. Pelo seu relato é provável que você tenha relembrado eventos do passado, no astral, momentos depois do desencarne. infelizmente, em uma triste página da história humana, muitas pessoas forma torturadas e mortas pela Igreja durante a chamada Idade das Trevas e essas pessoas muitas vezes eram queimadas vivas, adentrando no astral sentindo ainda as sensações do desenlace fisico. Esse liquido provavelmente é a dissolução do duplo eterico , corpo que fica entre o astral e o físico e que naturalmente se dissolve em até 72 horas apos o desencarne mas em alguns casos pode ter esse processo acelerado, como nas mortes dessa epoca atraves do fogo. É possivel que voce possa ter participado desses eventos, como vítima ou algoz ou ainda possa ter colaborado no socorro a essas pessoas no astral quando elas assim chegavam apos o desencarne. Certamente ao iniciar o trabalho no centro espiritualista essa faixa de passado (faixa de lembrança do passado como é chamada na Apometria) foi fechada, permitindo que você se desligasse dessas lembranças. Acredito que a explicaçao seja por aí. Abraço

Junior Flash disse...

Olá mais uma vez José! Gostaria de saber o seu ponto de vista em relação aos futuros exilados neste aspecto: Sabemos que não serão apenas os dragões e outros espíritos também comprometidos no crime que serão exilados. Gostaria de saber a sua opinião sobre esse assunto. Você acha que pessoas que vivem demais apegadas a matéria, as que fumam e bebem sem limites, usam drogas, as ambiciosas demais, enfim, essas que são mais apegadas ao material, porém que não são más necessariamente, não fazem o bem, ou fazem em um parâmetro minúsculo, mas que não cometem crimes, e também não tem nenhuma base espiritual e/ou que pouco acreditam nessas coisas, simplesmente só pensam em festejar, beber, enfim, se entregar a todos os tipos de vícios e também pensarem apenas em dinheiro e em coisas materiais, ou seja, apegadas a matéria, porém que não cometem crimes e atos maiores de origem negativa, se é que assim podemos dizer. Gostaria de saber sua opinião a respeito, se estas poderão continuar a fazer parte deste orbe. E também, se as pessoas que tem entre 18 e 30 anos agora (cuja a maioria se enquadra no que eu descrevi acima, jovens apegados demais a matéria), terão outra oportunidade de se redimirem antes do exílio planetário?
Obrigado pela atenção!
Abraços

José Alencastro disse...

Eu acredito que os encarnados e os que estiverem encarnando nos próximos anos, tem e terão sua derradeira chance de mostrar que estão aptos para viver na Terra em regeneração. A Terra Regenerada será lar das almas realmente interessadas em lutar para vencer suas más inclinações morais, esse desejo e a luta através de ações verdadeiras voltadas para esse aperfeiçoamento moral é que dirão se a pessoa permanecerá ou não. Analisando por esse ponto de vista é possível, por exemplo, alguém excessivamente preocupado com a sua carreira ou ascensão profissional ou ainda no acúmulo de bens materiais ser “aprovado” para a Nova Terra? Sim, é possível, pois nada impede que essa pessoa utilize sua carreira ou sucesso nos negócios para gerar condições de vida dignas, através do trabalho, a outras pessoas e da mesma forma desenvolver sólidos valores morais com o tempo que usará não apenas em seus negócios ou em sua luta por reconhecimento profissional, mas também por todas as demais áreas da sua vida. É possível que pessoas que se utilizam de cigarro, álcool ou drogas também consigam se salvar do exílio? Sim, também é possível, muitas vezes essas pessoas acabam vivenciando os problemas do caminho doloroso do vício e após vivenciar tantas dificuldades acabam desenvolvendo forças pra vencer o vício e buscar uma nova vida. É algo muito difícil, principalmente no caso de drogas como maconha, cocaína, crack entre outras, que com o passar dos anos de vício criam certos processos obsessivos muito complicados e de difícil resolução, além dos efeitos físicos que normalmente exigem profunda atenção ao longo de toda a vida.

Eu acho particularmente que a humanidade em geral vive grandes desequilíbrios emocionais. A super exposição da vida das pessoas nas redes sociais, o excesso de informações, a “exigência” de que a pessoa deve parecer sempre feliz, fora os chamamentos constantes para que possa interagir com as pessoas do seu convívio social. É natural que um jovem ou uma jovem tenham interesse em conhecer as festas noturnas, afinal é algo que se tornou habitual, mas quantos acabam se perdendo pelos caminhos do exagero ou vivendo em função apenas para saciar esses gozos passageiros? Quantos não se perdem através da sexualidade desregrada, seja em virtude de desilusões amorosas ou porque foram muito tolhidos em sua infância e adolescência? A raiz do problema na minha opinião é que a nossa sociedade atual não aprendeu a dar importância a saúde emocional das pessoas, desde a infância, o que se reflete em problemas como “bullyng”, agressões a professores ou ainda variados casos de anorexia ou obesidade. São problemas que se avolumam na adolescência e na juventude, fazendo com que esse desequilíbrio emocional “estoure” em algum momento, muitas vezes quando a pessoa já é adulto e passa agir como se fosse um adolescente.

José Alencastro disse...

A Terra atualmente é um campo de expiação e provas e a grande maioria aqui encarnada, que renegou as oportunidades de reforma moral em outras encarnações, terá de provar em meio a um mundo cheio de facilidades e permissividades, que pode pelo menos começar a vencer suas más inclinações morais. Alguém por exemplo que utilizou ao longo de várias encarnações a sexualidade de forma desregrada não será exigido que vire um anjo de castidade ou a pureza em pessoa, mas que se esforce de forma sincera para vencer esse desregramento, lutar para vencer e não conter, pois na maioria das vezes que alguém tenta fugir do problema como forma de contenção, normalmente na vida seguinte o problema estoura de forma muito mais forte. Em muitos casos nas reuniões que pude participar com o Dr. Fritz encontramos pessoas com grandes problemas de descontrole sexual desde a adolescência que na encarnação anterior foram padres ou freiras. Não adianta apenas conter ou fugir do problema, é preciso trabalhá-lo, é um trabalho doloroso de lapidação onde aquilo que não serve mais deve ser vencido.

No final das contas o que vai decidir se a pessoa fica ou se vai não é se ela come carne, se ela fuma, se ela bebe, se ela já utilizou drogas, se ela abusou em algum momento da sua vida da sexualidade, se já exagerou em algum momento da vida em festas e noitadas, mas sim se ela conseguiu encontrar a vontade em si mesma para buscar o próprio equilíbrio emocional, não através de válvulas destrutivas como as citadas no inicio desse parágrafo, mas de atividades que a façam crescer interiormente, a melhorem moralmente e façam com que ela precise cada vez menos dessas “válvulas” ou “pseudo anestésicos” que nada mais são do que uma fuga da realidade, um autoboicote , uma autosabotagem para não iniciar o trabalho interno que realmente precisa ser iniciado e que é difícil e doloroso até que se transforme em um hábito constante.

Alexandre T disse...

Caro José, aproveitando o que a Renata falou -- sobre ver pessoas queimadas -- e o que vc disse sobre a dissolução do duplo etérico em 72h, eu lembrei de algo que sempre me deixou em dúvida: afinal, faz mal ou não cremar o corpo de alguém logo após a sua morte? Pode-se cremar o corpo de um falecido ou ele deve ser enterrado?

José Alencastro disse...

Alexandre, essa é uma questão bem ampla e uma ótima oportunidade para alguns esclarecimentos. O duplo eterico, também conhecido como corpo vital pelos espiritualistas por ser o reservatório do fluido animalizado (ectoplasma) é um corpo que fica entre o físico e o astral e também se desfaz, assim como o corpo físico, após o desencarne. O processo fisiológico de renovação completa das suas células demora exatamente 72 horas e justamente em virtude disso, o espírito de Emmanuel, pela mediunidade de Chico Xavier, aconselha no livro “O Consolador” uma espera de 72 horas para que o corpo físico seja queimado, tempo exato para que o duplo etérico seja dissolvido completamente. E porque isso? Normalmente após o desencarne, mesmo com o corpo astral já totalmente desligado do corpo físico, o duplo pode ainda transmitir algumas sensações do corpo físico já sem vida ao corpo astral que está fora dele. Um livro interessante que fala sobre isso é a obra “A Vida Alem da Sepultura” de Ramatís. Na grande maioria das vezes após o desencarne, o duplo permanece junto ao corpo astral, mas ainda reverberando algumas sensações do corpo fisico e justamente por isso a Espiritualidade indica esse prazo de 72 horas.

Mas mesmo assim deve-se cremar ou não corpo, antes das 72 horas ou respeitando as 72h? Aqui a questão fica mais complexa, pois nem todos os espíritos se desligam do corpo rapidamente, infelizmente existem muitas pessoas presas à matéria, que não desejam abandonar os gozos carnais que simplesmente se recusam a abandonar o corpo físico, permanecendo com o corpo astral obsediando o corpo físico já sem vida. A cremação nesses casos naturalmente afastará do corpo físico o espírito em seu corpo astral que recusou a aceitar a morte, mas será um processo doloroso, dissolvendo o duplo automaticamente como uma massa leitosa ectoplasmática.

José Alencastro disse...

Em praticamente todos os cemitérios e crematórios existem postos socorristas, verdadeiros postos de saúde no astral, que ficam entre o astral intermediário e o inferior, que são responsáveis através dos socorristas que neles trabalham, por ajudar no desligamento daqueles espíritos que apresentaram alguma dificuldade em se desligar totalmente do corpo físico, um processo simples onde apenas alguns laços fluídicos são cortados e algumas formas pensamento mais densas retiradas. Da mesma forma são protegidos pelos guardiões, pois nesse período em que o espírito em corpo astral ainda tem um pouco do duplo ainda agregado a ele, as milícias umbralinas tentam atacar esses locais na tentativa de conseguir roubar restos desse ectoplasma .

Mas em alguns casos, infelizmente muitos, ocorre a não aceitação da morte pela pessoa e aí que começa uma grande guerra nos cemitérios: os corpos físicos enterrados das pessoas que morreram naturalmente atraem o espírito em seu corpo astral que não aceitou a morte e esse mantém artificialmente certa coesão no duplo eterico por muito mais de 72 horas, num processo simbiótico onde se alimenta da energia que ainda resta nos músculos e esqueleto do corpo físico em putrefação. Para as milícias e seus kiumbas (os bandidos do astral inferior) isso é um prato cheio, pois eles estão nos cemitérios muito mais na busca de duplos etericos ainda coesos do que de ectoplasma, pois este ultimo conseguem facilmente em outros locais entre os encarnados.

José Alencastro disse...

Encontrar um “cascão” em boas condições é a missão principal desses bandidos no astral nos cemitérios, pois esse é um “material” muito valioso para os magos negros e cientistas das trevas que, por não possuírem a técnica dos dragões (que se utilizam de duplos de encarnados para criar agêneres) acabam compartilhando essa “técnica” mais moderna apenas com alguns magos negros e seus cientistas, os quais demonstrem competência, fidelidade e sobretudo subserviência às suas ordens. Como muitos magos negros não conseguem acesso a essa tecnologia draconiana, acabam por ter de utilizar aquilo que sabem, ou seja, a criação de artificiais a partir de cascões de desencarnados. A leitura da trilogia “O Reino das Sombras” do Róbson Pinheiro esclarece em detalhes essas questões

Entretanto é preciso ressaltar que nem sempre a utilização do duplo etérico além das 72 horas (ou seja, mantê-lo artificialmente ativo por mais tempo) é algo negativo, apesar de raro. Tanto Jesus como Saint Germain se utilizaram desse prolongamento de vida do duplo eterico, no caso de Jesus foram aproximadamente 40 dias, período em que após ter desencarnado na cruz ele apareceu inúmeras vezes materializado aos encarnados como um agênere, aproveitando-se da vasta quantidade de ectoplasma tanto dos apóstolos, discípulos e essênios que em sua maioria eram médiuns magnéticos e forneciam a energia animalizada suficiente para as materializações em forma de agênere. O mesmo ocorreu com Saint Germain, que por muitos anos após seus desencarne, apareceu inúmeras vezes, sempre com a mesma aparência como se nunca envelhecesse, para que exercesse a nível físico por mais tempo uma ampla missão ligada a Revolução Francesa e suas conseqüências posteriores, do que foi permitido que atuasse também como um agênere a serviço da Alta Espiritualidade.

Bruxinha Renata disse...

olá José, explique um pouco mais sobre essa tecnologias dos dragões, como eles fazem para criar duplos encarnados, o que seria isso??? São duplos de pessoas que já desencarnAram ou que ainda estão vivas?

José Alencastro disse...

São duplos de pessoas que ainda estão vivas Renata. Mais informaçoes voce pode obter no livro "A Marca da Besta"

Fr. Aivs Locvtivs disse...

Caro José, desculpe estar entrando aqui com outro assunto, mas preciso te perguntar isso e não sei o e-mail que possibilita escrever para ti.Desculpe se já respondeu ou postou algo explicando e eu não tenha encontrado no blog. Caso já tenha, por favor me oriente para chegar lá, o que desde já agradeço. Caso não tenha postado nada assim, formularei minha pergunta: O que quero saber é sobre esse "segundo sol" que está aparecendo em vários países. Não seria isso o chamado Hercólubus ? Ou o que seria isso ? Veja um video por exemplo. Não parece montagem de forma alguma.
http://www.youtube.com/watch?v=3UILDUr3t1w
Obrigado
Elcio

José Alencastro disse...

Olá Elcio, pode ficar tranquilo que não é nem Hercóbulus, Nibiru, Astro Intruso ou algo parecido. Trata-se simplesmente de uma fenômeno de refração ótica também conhecido como "lens flare". Fiz um post bem amplo sobre esse assunto na fanpage, você pode encontrá-lo aqui: http://www.facebook.com/photo.php?fbid=463167347038568&set=a.366298710058766.83206.360490373972933&type=1&theater

Abraço

Edson Siqueira disse...

Boa Tarde Jose eu enviei um email com algumas duvidas e gostaria se não ocupar seu tempo que vc desse uma olhada e respondesse pois algumas duivdas que tenho e acho que muitas outras pessoas tbm parabens pelo trabalho de caridade e de mostrar informações infelizmente muitas pessoas que tem mediunidade bem desenvolvida cobra por qualquer coisa que vá fala pessoas que vivem disso acho que é como jesus falou dai de graça o que de graça recebestes mais poucos fazem isso mais parabens pelo seu blog e face que tem muitas informações precisas e esclarecedoras ja que é atraves de muito estudo

Gedielson disse...

Pois é, José, no momento que formulava minha pergunta (sobre a aparência dos humanos na era posterior à de regeneração) me veio uma ligeira "intuição": Neste ponto a humanidade se desligará da matéria e o fluido universal será de conhecimento comum." O que você disse me confirmou.

Obrigado.

José Alencastro disse...

Com certeza amigo, é o que chamo de "transmimento de pensação" :)

José Alencastro disse...

É verdade Edson. Assim que possível responderei seu email. Também acho que devemos utilizar a mediunidade de forma gratuita, voltada pra caridade e quando de alguma forma surge o retorno financeiro (seja por exemplo através da venda de livros) esse ganho ou no mínimo parte dele, deve ser utilizado para alguma ação voltada para o bem. Procuro seguir esse caminho, em breve lançarei meu primeiro livro e espero conseguir baraatear um bocado o preço final de venda e mesmo para os amigos que por algum motivo não possam adquirir, o blog sempre continuará trazendo textos e assuntos novos de forma gratuita pra tambem estimular esse acesso a informação. Acho que, pelo menos pra mim, é o caminho correto a seguir :)

vitor tavares disse...

o que vc tem a dizer sobre os chitauri(reptilianos), pois o xamã Credo Mutwa fala que eles interferiram na evoluçao humana,sendo que antes deles chegarem na terra, os humanos falavam mentalmente e eram hermafroditas.
link do video:http://www.youtube.com/watch?v=h2damkYqxG8
poderia dizer algo sobre isso Obrigado.

José Alencastro disse...

Vitor, no meu entendimento os chamados reptilianos sao os magos negros vindos de Capela e antes da vinda dele, alias bem antes, vieram os chamados dragões (draconianos) que, como explicado aqui, apresentavam uma aparencia muito próxima a humana atual, entretanto não possuiam corpo fisico, seu corpo "físico" era muito mais de natureza astral como o nosso perispirito e sendo assim com as mesmas propriedades ideoplasticas, inclusive na mudança de aparencia, permitindo que, caso quisessem, pudessem se apresentar tanto como "homem" como "mulher". Abraço

vitor tavares disse...

Mais e a história que Credo Mutwa conta, nao tem nenhuma verdade? E as coisas que ele passou.E pelo que eu já li existem duas raças de reptilianos, uma nativa da terra, que supostamente evolui dos dinossauros e a que veio do de outro planeta e interferiram na evoluçao humana e estão aqui até hoje.Claro, não sei se isso é verdade mais E quando as outras raças de extraterrestres que afirmam existir uma raça reptiliana e as pessoas que afirmam serem reptilianos ou viram eles. Então não existe nenhuma raça extraterrestre reptiliana que quer dominar o mundo. Por favor me indique algo para ler sobre isso. Muito obrigado!

bolha.r312 disse...

Os amigos que a gente faz numa encarnação tem laços conosco tão frágeis que a gente já esquece deles depois que morre? E quando há aquele desejo de se reencontrar numa outra vida, mas uma das partes foi exilada e a outra não, como fica a situação? O não-exilado encarna lá no planeta exílio para dar um oi e depois que desencarna lá volta pro planeta de origem ou vice-versa? Ou simplesmente eles nunca vão se encontrar? (Desconsiderando a ideia de que possa haver reencontro depois de anos astronômicos, tipo bilhões, trilhões de anos...)

José Alencastro disse...

Os laços de amor e amizade verdadeiros não desaparecem, pelo contrário, se fortalecem mesmo com a distância. O mundo exilio, assim como a Terra atualmente, terá bastante trabalho tambem para os desencarnados, ou seja, será necessário o apoio de equipes socorristas e de guardioes, fazendo com que muitas pessoas que possuem laços de amizade com amigos ou parentes que foram exilados, possam atuar no astral do mundo exilio em missoes de amparo junto a equipes espirituais, ajudando energeticamente os exilados, muitas vezes aparecendo em sonho, assim como poderão em muitos casos visitar os exilados no periodo entre uma encarnaçao e outra, ou seja, quando o exilado estiver em preparaçao pra reencarnar, aquele amigo que não foi exilado, mesmo encarnado, poderá ir no astral durante o periodo do sono entrar em contato com o amigo ou parente que for exilado. Da mesma forma como ocorreu na Terra, quando da vinda dos exilados capelinos, muitos conseguiram retornar após poucas encarnaçoes provacionais, algo amplamente descrito no livro "A Caminho da Luz", dessa forma muitos dos futuros exilados não precisarão de um numero tão grande de reencarnações até que possam retornar à Terra ou ainda reencarnarem em mundo intermediarios, entre a evoluçao do mundo exilio e a evoluçao da futura Terra regenerada.

José Alencastro disse...

Olá Vitor, a raça humana, o homo sapiens sapiens não evolui do dinossauro, o que pode ter ocorrido e acho que seja bem plausível, é que muitos espiritos que viviam como dinossauros a 200, 100 milhoes de anos na Terra, seguiram sua jornada evolutiva, chegando nesses milhoes de anos da animalidade até o reino hominal primitivo, encarnando nos corpos humanoides do homo erectus e depois do homem de neandertal. Como ja mencionei aqui os chamados reptilianos que vivem na Terra são os magos negros que vivem no astral e recebem esse nome devido a sua aparencia perispiritual cheia de feridas, escaras, o olhar amarelado e as maos e pes prolongados, dando uma aparencia semelhante aos répteis, aparencia que eles tentam camuflar como camaleões utilizando as potencialidade ideoplasticas do perispirito, fazendo com que apareçam como humanos belo e formosos no astral por várias horas.

Marcelo Guerra Pierangeli disse...

José, mais uma vez parabéns pelo blog e pelo conteúdo adicional na fanpage. Seria possível indicar um ou mais livros que relatam a vida e as aparições de Saint Germain e explicam sua relação com a Revolução Francesa? Obrigado. Marcelo - SP

José Alencastro disse...

Um clássico Marcelo é o livro "A Flor de Lys" do Feraudy. Abraço

PoLaR disse...

Querido amigo, andei olhando o seu blog e achei muitíssimo interessante, parabéns mesmo por conseguir reunir tanta informação.

Mas pelo que eu vejo, não existe lógica no pensamento "Espirita", pois eu que sou Cristão, creio que todas as coisas surgiram de Deus, e que Deus é imutável, eterno, a fonte de todas as coisas e JUSTO, pois Deus é AMOR.

José Alencastro disse...

Olá Polar, o Espiritismo também é cristão, pois segue o evangelho de amor trazido pelo mestre Jesus e explica questoes importante como mediunidade, karma e reencarnação. Essas questões inclusive eu explicarei em pormenores, com amplas referencias em versiculos biblicos e estudos historicos. Deus, como diz o Espiritismo, é a causa primária de todas as coisas, ou seja, como você disse, é a fonte de todas as coisas e certamente é soberanamente justo e misericodioso, sua misericordia se manifesta nas inumeras chances de remissão que concede a todas as pessoas, afinal Ele criou todos é Pai de Todos (como é dito na propria Biblia), justamente por esse motivo concede a dádiva da reencarnaçao, possibilitando que encarnaçao apos encarnaçao todas as pessoas aprendam, na prática, a exercer a lei do amor,essa é a misericórdia divina mas que tambem é justa, não deixa um erro sem reparação e justamente por isso todos aqueles que nao investirem na sincera busca por tentanr praticar o evangelho de amor, esses serão exilados e terão de recomeçar novamente seu ciclo reencarnatorio em uma morada mais primitiva do universo. Não adianta dar dízimo, ser batizado nas aguas, gritar a plenos pulmões que Jesus e o salvador ou ir a Igreja ou ao centro espirita toda semana se a pessoa nao buscar, siceramente, tentar colocar em prática (atitudes, obras) o evangelho de amor ao proximo.

Quem nao conseguir colocar a lei do amor em prática ou ao menos se esforçar sinceramente pra isso, terá inumeras oportunidades reencarnatorias para faze-lo, essa é a misericordia divina que da a cada um segundo suas obras, segundo seu merecimento.

Bruxinha Renata disse...


Não entendi a falta e lógica do Espiritismo, Polar?! Que todas as coisas vieram de Deus, que Deus é Justo e é o Deus do Amor nós já sabemos... não entendi onde está a contradição?!

Loen disse...

Conheci o blog hoje e já acho fascinante, talvez de longe o melhor blog que conheci até agora!

Lendo esse artigo, me veio um questionamento: a probabilidade de se ter um desdobramento (não intencional) com o auxílio de
"mentores espirituais" é maior em pessoas com valores morais pobres?

José Alencastro disse...

Olá Loen, fico feliz que esteja gostando do conteudo do blog. Atualmente, sobretudo aqui no Brasil, o número de pessoas que vivenciam experiencias projetivas tem crescido muito, normalmente sao experiencias nao intencionais que sao realizadas com o auxilio dos mentores espirituais, independente dos valores morais que a pessoa possua. A grande maioria dos desdobramentos, com médio ou alto grau de consciencia ocorrem entre o astral inferior e o astral intermediario e em ocasioes mais raras no astral superior. Certos locais tambem facilitam o desdobramento em virtude da energia nas proximidades que facilita o fenomeno, como por exemplo a proximidade com rios, mares e matas, a proximidade com centros espiritas ou espiritualistas, moradias em encruzilhadas, alem de cidades proximas aos grandes chacras planetarios do planeta ou a um dos 2 fluxos energeticos (ying e yang)que cruzam o planeta formando o simbolo do infinito (ver mais na serie de textos "chacras planetarios"). Existem alguns exercicios que ajudam, a Apometria assim como alguns projetores como o Wagner Borges e o Saulo Calderon trazem vasto material sobre o assunto. Abraço

Douglas Sulzbach disse...

Olá a todos:

Eu tenho uma dúvida sobre uma questão que não foi comentada aqui neste blog, e ou pelo menos eu não vi:
a questão dos suicidas, qual será o destino deles no que tange à transição do planeta?
Sendo mais específico: eles iriam ser autiomaticamente exilados por não suportarem as dolorosas provas e expiações da Terra, ou lhes será permitido reencarnar aqui quando o mundo já estiver em outro estágio?
Espero ansioso por uma resposta, pois estes espíritos suicidas de certa maneira constituem uma massa grande em nosso orbe.

José Alencastro disse...

Olá Douglas, o que define se um espirito será ou não exilado é o seu esforço sincero em vencer suas más inclinações, ou seja, mesmo com erros, com karmas negativos, ele se decide por lutar para vencer suas más inclinações morais. Espíritos que tiveram sua derradeira chance encarnatória antes do exilio e resolveram cometer o suicidio, em sua grande maioria, serão exilados e terão de recomeçar o ciclo evolutivo em um mundo mais primitivo, pois ao invés de lutarem pela reforma moral preferiram a fuga, ou a tentativa de fuga das provações, através do suicidio. Obviamente que cada caso é um caso, existem pessoas que cometem suicidio muito mais compelidas por uma forte ação obsessiva, mas esses casos sao cuidadosamente analisados pela justiça divina. Em outros, no caso dos suicidas que não tiram diretamente a propria vida (viciados em drogas, alcool, sexo desregrado) mas que criam graves doenças ao longo dos anos pelo desequilibrio dos seus vicios, é analisado se mesmo com essa postura ocorreu uma sincera luta por vencer as más inclinações morais, ou seja, a pessoa se esforçou e conseguiu melhorias morais apesar de não ter conseguido vencer um vicio que tenha levado a uma grave doença. Essa análise é feita pela justiça divina que tem o conhecimento amplo da ficha kármica da pessoa e pode dizer se a pessoa tem condições ou méritos de reencarnar em um mundo regenerado ou se necessita do exilio. Existindo a mínima possibilidade de impedir o exilio, a justiça divina auxilia para que a pessoa mesmo em desequilibrio, mas com boa vontade e esforço sincero, possa encarnar no mundo regenerado.

Douglas Sulzbach disse...

Como ficará a questão do dinheiro em espécie, aquele meio que serve de troca no nosso orbe, vai entrar em extinção? Recebi comentários de que assim que estivessem sanados os problemas sociais como a desnutrição, a miséria, a fome, as enchentes, enfim, as calamidades sociais de que Chico tanto falava durante sua estadia aqui, que após tudo isso, o ser humano, já regenerado, começaria uma singela mudança para extinguir o dinheiro e as classes sociais, e que de fato, isso marcaria a transição para um mundo completamente diferente, sendo um verdadeiro paraíso comparado com este, isso tem algum fundamento? Ou ainda estamos séculos ou até milênios da extinção do "valor material"?

José Alencastro disse...

Certamente Douglas, até porque ficaria impossível conceber um mundo de Regeneração igual ao atual mundo de provas e expiações que viveremos até o auge dos eventos da transição em 2036.

Muitos dos sistemas que existem atualmente no mundo mudarão, pois o nível moral dos habitantes vai mudar pra melhor, o pensamento vai deixar de ser o de trabalhar para o enriquecimento pessoal mas sim trabalhar pelo crescimento do conjunto. Isso será um processo gradativo, primeiro com a quebra das bolsas de valores pelo mundo e o fim do mercado especulativo, quando o homem diante dos cataclismos da natureza compreenderá que o valor das coisas não se mede pelo lastro em ouro ou moedas de alguns países, mas sim pelas comodities. Num segundo momento, após o auge dos eventos, os sobreviventes perceberão que a uniao de todos será necessária para reconstruir o planeta, essencialmente baseada na necessidade de produzir alimentos e criar condições básicas de vida para a população,esses impactos motivarão uma mudança no sistema economico, que unirá a busca pelo crescimento da produção existente no capitalismo com uma distruição mais igual e organizada pelo Estado como a existente no socialismo, a questão é que devido a presença de espiritos com um padrão mínimo de moral e sem a presença dos rebeldes, esse tipo de sistema economico nao será transformado nem em uma ditadura controlada pelo Estado e nem em um capitalismo que enriqueça poucos e explore muitos.

A humanidade compreenderá a necessidade dos Estados de garantir moradia, educação, transporte, alimentos de forma eficiente e igualitária a todos, na mesma medida que a humanidade compreenderá a necessidade por trabalhar pelo bem coletivo.

Os processos de produção serão cada vez mais mecanizados, a jornada de trabalho será cada vez menor, pois devido a necessidade de todos trabalharem e da mecanização maior, muitas tarefas que hoje sao realizadas por uma pessoa serão realizadas em grupo por duas ou mais. O imposto cobrado pelos governos será exatamente o trabalho, pra garantir o acesso gratuito aos serviço e necessidades de cada pessoa.

Na era de regeneração as pessoas encarnadas na Terra compreenderão a necessidade de aproveitar a encarnação na Terra para o crescimento moral e o crescimento intelectual e terão esse pensamento mais coletivo e menos individualização, compreenderão que a união harmonica de forças pode produzir muito mais.

Os estudos academicos, assim como os estudos da espiritualidade serão cada vez mais valorizadas, cada cidade terá um local desses de estudo, sempre com espaço para novos alunos que porventura queiram vir de outras localidades distantes, ate mesmo de outros continentes. Em cada cidade existirão centros turisticos para receber gratuitamente os visitantes, assim como as casas de cada familia terão um espaço em suas casas para receber visitantes temporariamente, pois os governos de forma integrada estimularão a integração entre as culturas, visto que nessa época os meios de comunicação serão ainda mais potentes e globais do que são atualmente.

O estimulo a equidade social será proporcional, no futuro, ao estimulo que a sociedade de hoje dá a competição entre as pessoas, ou seja, no futuro o conjunto será exaltado assim como ocorre nos dias de hoje que o individualismo e o egocentrismo sao exaltados.

O homem aprenderá meios de utilizar a energia solar como fonte inesgotável, inclusive para o proprio desenvolvimento espiritual.

Todo esse processo passará inevitavelmente pelo exilio das almas rebeldes que vivem atualmente na Terra de expiação e provas.

Dr. Farias disse...

Parabéns pelo blog, acho admirável seu comprometimento em compartilhar informações tão preciosas para o bem comum.
Tenho uma dúvida quanto as raças que habitam o planeta de forma física, e tenho lido muita coisa de um blog chamado thoth3126, lá contém informações sobre seres reptilianos, dracos e greys, que manipulam e interagem com a terra e nossas governanças como também de habitantes físicos super desenvolvidos de uma terra interior chamada Agharta, são histórias fantásticas e não sei até que ponto isso tudo é verdade em nosso tempo atual. Gostaria somente de sua opinião sobre o assunto, pelo que entendi você diz aqui que os reptilianos são magos negros espirituais, então o que seria todos estes avistamentos de ufos, contatos e relatos de pessoas importantes que se voltam contra os governos e liberam essas informações?
Seria muito esclarecedor entender melhor este assunto que desde pequeno me encanta por algum motivo, sempre me senti um viajante de galaxias e estou recentemente me desenvolvendo espiritualmente para recuperar minha memória espiritual e conseguir desdobrar conscientemente para confirmar ou não estas teorias.
Obrigado.

José Alencastro disse...

Olá Farias, esse post aqui da fanpage (texto e comentarios) poderão ajudar a esclarecer essas duvidas:

https://www.facebook.com/josemaria.alencastro2036/photos/a.366298710058766.83206.360490373972933/738821346139832/?type=3&theater

Abraço