15 de mar de 2013

Paracelso: O AntiPapa Argentum

Vaticano - praça São Pedro

Paracelso foi um grande alquimista, teólogo e profeta do seu tempo e entre suas profecias, duas delas são muito curiosas, pois falam sobre o último papa. Nelas, Paracelso mostra claramente a existência de um antipapa antes do último papa.


Antipapa:

“Tu tens reunido frequentemente com aquele que um tempo foi inimigo. Perceberás que todas as coisas são inúteis. Terás de superar sozinho as dificuldades e terá de refletir sobre quem és. Sentarás na cadeira de Pedro e dela cairás”

A profecia é clara: o atual papa enfrentou diretamente no conclave anterior Bento XVI, o que explica o termo “inimigo” explicado pelo dicionário Aurélio como “Que se opõe, contrário, de facção oposta” e hoje, como o atual papa, já deixou claro que irá buscar aconselhamento com o bispo emérito Ratzinger. A segunda frase é emblemática: “perceber que todas as coisas são inúteis”, ou seja, não adianta tentar mudar aquilo que já está profetizado: o fim de Roma e do Vaticano.

A frase seguinte também mostra claramente a referência ao atual papa eleito “terá de superar sozinho as dificuldades”, ou seja, em algum momento o papa não terá mais o apoio de Bento XVI que provavelmente desencarnará antes, fazendo com que não existam mais dois papas e sim apenas um. A frase final mostra que alguma força fará com que o atual papa seja retirado (algo parecido com JP I? ou algum acontecimento ainda indecifrável), pois mostra um motivo abrupto, além da vontade que causará a queda do atual papa. Curiosamente o papa quase caiu hoje

Papa quase caindo, papa Francisco, papa Jorge Bergoglio, papa chico bento

Provavelmente a referência de Paracelso ao atual papa como “antipapa” seja em virtude da tentativa da Igreja em mudar o curso natural dos acontecimentos proféticos, pois o último papa só deveria vir após a morte de Bento XVI. Ao renunciar e permitir a vinda de um papa por meios não naturais, o tempo do penúltimo papa foi “esticado”, pois provavelmente Francisco viverá mais tempo do que Bento XVI viveria, adiando assim a vinda do verdadeiro último papa.

E sobre o último papa, vejamos o que diz Paracelso:

“Estás predestinado a ser rodeado por muitas adversidades. Tens o nome de uma pedra e és uma pedra larga e delgada. Cairás sob o castigou que quebrou todos os impérios. E a tua sabedoria, no final dos tempos, será definida como loucura”

Essa profecia mostra algo muito curioso: o nome Pedro ou pedra, que aparece na profecia de Malaquias pode ser uma referência a alguém com nome de alguma pedra e não Pedro. “Larga” significa com grande extensão, vasta, de grande alcance e “Delgada” como magra, de pouco diâmetro. Ou seja, um papa com nome de batismo, ou papal, de uma pedra e de aparência alta e magra, características que não se enquadram no atual papa. Além disso, o último papa será alguém sábio, mas que será visto como louco pelos próprios fiéis em virtude das atitudes que tomar durante os ataques à Europa, profetizados também por Dom Bosco e que atingirão Roma e o Vaticano, talvez uma atitude de fuga para outro país, só o futuro poderá dizer.

Jorge Mario Bergoglio, sem a menor dúvida, não é o último papa, pois não apresenta as características descritas por Malaquias sobre Pedro Romano. Malaquias foi muito cristalino nas referências proféticas aos futuros papas, normalmente com pistas claras no próprio nome ou nascimento do pontífice ou com relação ao nome adotado pelo papa.

JPI por exemplo foi chamado de "a meia lua", pois em seu nome de batismo está "da luz branca" (Luciani), ou seja, a luz branca vem da meia lua e quando assumiu o pontificado era dia de lua crescente, ou meia lua.

JP II foi chamado de "o trabalho do Sol", nasceu exatamente no dia de um eclipse solar

Bento XVI foi chamado de "gloria da oliveira" uma referência ao símbolo dos beneditinos (a oliveira) que foi o nome adotado por Bento XVI.

São referências cristalinas quanto ao nome, nascimento ou insígnia e em nenhuma delas Jorge Mario ou papa Francisco se enquadram em Pedro Romano. Os pais de Jorge Mario são de Turim, cidade italiana assim como Roma que é outra cidade.

Não adianta torcer a profecia, italiano não é sinônimo de romano e mesmo que os pais dele fossem romanos (e não são), ele nasceu argentino, fez seus estudos teológicos na Alemanha, é tão romano quanto qualquer cardeal da cúria, ou seja, nada que o identifique especificamente como Romano, no seu nome não tem nem algarismo romano. E quanto à Francisco de Assis, o próprio nome diz: de Assis, ou seja, não de Roma.

Levando-se em conta o ponto de vista, a meu ver bem interessante, da profecia de Paracelso, o atual papa só seria Pedro Romano se englobasse todas as características previstas para o último papa: alguém novo (Nostradamus), mas ele já tem avançada idade, alguém com clara ligação com Roma (Malaquias e Monge Pádua) algo que ele não possui antes de ter se tornado cardeal. Ele tem alguns indícios, mas não todos, o que não o colocaria como Pedro Romano.

A referência a Pedro que muitos especularam com relação a Francisco de Assis é fraca, em realidade a referência a Pedro é aquela dita por Paracelso: o nome de uma pedra

Bergoglio nasceu na Argentina, nomenclatura que deriva do latim argentum ou simplesmente prata, elemento que pode ser considerado uma pedra. Mas mesmo assim ele não estaria adequado a profecia de Paracelso, pois não é delgado (magro) nem largo (alto, ampliado) e nem à de Malaquias, pois não apresenta uma característica clara que o identifique como "Romano".

Bergoglio, portanto, estaria na definição de antipapa nas profecias de Paracelso e o próximo depois dele seria realmente o último, Pedro Romano.  

Quem quiser conhecer um pouco mais da obra de Paracelso, entre nesse link: AQUI 



Postado em 18/03/13

Esse texto sobre a profecia de Paracelso foi postado dois dias após a eleição do papa, entretanto apresenta um erro que pude perceber apenas no dia seguinte: que, ao contrário do que informa o texto, o atual papa eleito Francisco é realmente Pedro Romano. Não apenas o papa descrito por Paracelso como também o antipapa, pois será considerado ao final do seu papado como alguém que diminuiu drasticamente o poder concentrado na figura do papa, algo que para os mais tradicionalistas será visto como um papa que foi contra o papado (antipapa).

Aproximadamente 8 horas antes da eleição do papa, ainda no conclave, eu publiquei um texto no facebook informando que naquele dia 13, às 19h pelo horário do Vaticano, seria eleito o novo papa (errei por 7 minutos a previsão). Esse post está AQUI  

E como eu poderia saber disso? Simplesmente porque aproximadamente 2 dias antes, presenciei uma cerimônia ocorrida no astral, exatamente no Vaticano e patrocinada por entidades trevosas com o interesse de impedir que o papa profetizado por Malaquias, Pedro Romano, fosse eleito. Dentro do Vaticano esse movimento para impedir a eleição do último papa foi patrocinado pela ala conversadora, tradicionalista. O primeiro movimento dessas energias trevosas foi impulsionar o papa a renunciar exatamente no dia 13 para que 13 dias depois o ritual fosse concretizado. Ao enxergar todos os cardeais presentes em tal cerimônia, julguei que o intento havia se concretizado e o papa eleito representasse a execução do planejamento trevoso para o adiamento da profecia. Ledo engano da minha parte.

Pouco tempo depois de postar o texto no blog “Porque o novo papa não é Pedro Romano” uma das entidades amigas que me acompanham esclareceu o acontecido. Muitos dos cardeais foram levados a participar de tal cerimônia para tomarem conhecimento do que estava sendo feito e decidirem se deixariam aquilo se concretizar ou se tentariam mudar os rumos da Igreja, elegendo um bom papa que pudesse executar as mudanças necessárias e o enfraquecimento das forças trevosas que influenciam a Igreja e colaboram para os escândalos que recentemente foram divulgados na mídia.

E porque a Alta Espiritualidade permitiria que um ritual desses, simbolizado pelo pentagrama 13 ou “a morte em todas as direções” fosse realizado? Justamente para que as próprias entidades trevosas iniciassem o próprio processo de destruição da velha Igreja. Tentaram, durante o ritual, alienar quase todos os cardeais, dizendo que a profecia de Malaquias, conhecida por todos eles, seria cumprida apenas se Tarcisio Bertone, nascido em Romano, localidade da Itália, fosse eleito, para que assim todo o poder, tradição e status quo da Igreja permanecesse. O ritual que tais entidades realizaram acabou por iniciar, sem que eles imaginassem, o próprio processo de morte da Velha Igreja de luxo e riquezas, o que tanto temiam muitos membros da Cúria, reformas inevitáveis que serão levadas a cabo pelo atual papa, Pedro Romano, a pedra prateada (argentum) representada na figura do papa argentino e que colocará fim ao papado como o conhecemos hoje.

Sendo assim, as interpretações das profecias de Paracelso ficam dessa forma:

“Tu tens reunido frequentemente com aquele que um tempo foi inimigo (Bento XVI, aquele que foi adversário de Bergoglio no conclave anterior). Perceberás que todas as coisas são inúteis (será impossível salvar o Vaticano da destruição). Terás de superar sozinho as dificuldades e terá de refletir sobre quem és (a função solitária do papado e refletir sobre como ela deve ser mudada). Sentarás na cadeira de Pedro e dela cairás (o entendimento de que a saída do papado não será de forma natural)”    

“Estás predestinado a ser rodeado por muitas adversidades (sobre isso falarei mais nas profecias de João XXIII). Tens o nome de uma pedra (é argentino, vem de argentum que significa prata, que é tirada do rochedo, pois pedra é aquilo que se retira do rochedo)  e és uma pedra larga e delgada ( como dito em um dos comentários, o formato do território argentino). Cairás sob o castigo que quebrou todos os impérios (guerra). E a tua sabedoria, no final dos tempos, será definida como loucura (o enfraquecimento do papado, muitos acharão loucura e o chamarão de antipapa)”




Fanpage Profecias o Ápice em 2036 no Facebook:
https://www.facebook.com/josemaria.alencastro2036


30 comentários:

Eduardo Murad Chiaratti disse...

Ola. Não creio que o delgado e largo se refiram ao tipo fisico do Papa, mas sim o seu país de origem, a Argentina, que tem o formato de um cone alongado.

Unknown disse...

Cara, gosto muito dos seus textos.
Único lugar em que me surpreendo.
Parabéns pela sobriedade, lucides e perspicácia.

Riccelli Marques.

Edson Siqueira disse...

SERÁ Q BENJAMIM SOLARI PARRAVICINNI NAO PREVIU SEU COMPATRIOTA SENDO PAPA, ELE PREDIZ DA ARGENTINA COM DESTAQUE NO MUNDO ENTRE OUTRAS COISAS, MAS PARECE Q ELE NAO VAI FICAR MUITO TEMPO NO PAPADO ATE PELAS DECLARAÇOES DELE PARECE Q OBRIGARAO ELE A SER POIS ELE NAO PARECE CONFORTAVEL NO PAPADO.

Henrique disse...

Concordo, com Eduardo Murad. As questões larga e delgada, não acredito que seja das aparencias do PAPA, mas talvez da

João Inácio disse...

Olá José!
Levando-se em conta que novos cardeais possam ser nomeados e que ainda nem sabemos quem são....

Contando entre os 115 atuais, há o húngaro Peter Erdo, que é "Pedro" e tem uma forte ligação com Roma (veja a biografia dele). Ele nasceu na Hungria, país famoso por suas diversas minas dos mais variedades minerais... Considerado extremamente contraditório, em certos momentos tem atitudes inovadoras e noutros, de extremo conservadorismo. Pesa contra ele, tb, um passado "negro", inclusive com acusações de espionagem. Apesar da personalidade imprevisível, era bem contado para ser papa. É um dos mais jovens tb. A favor, pesa seu trabalho pastoral na África e em seu próprio país, tendo conseguido o feito de ter aumentado o número de católicos, mesmo com o passado luterano e ateísta (durante a Guerra Fria) da Hungria.

Há o indiano Telesphore Toppo, tb jovem (e aparentando ser mais jovem ainda) da etnia minoritária hindu adivasi (povo das montanhas ou povo dos rochedos). São conhecidos por terem a pele mais escura do que a maioria dos indianos (são chamados de negritos na Índia, assim mesmo, em espanhol) e são oriundos das montanhas medianas do Himalaia. Os adivasi tem um governo semi-autônomo, apesar de serem uma das mais diminutas entre as tantas minorias da Índia.

Telesphore (nome em homenagem ao deus grego da saúde e da convalescença) estudou teologia, arquitetura e urbanismo em Roma, cidade em que - curiosamente - é o atual cardeal titular da Igreja do Sagrado Coração Agonizante de Jesus em Vitinia, mesmo sendo indiano e vivendo na Índia, tendo sido nomeado por João Paulo II. Altamente místico, isso pesa um pouco contra ele, já que o torna um ser um tanto exuberante e folclórico. A favor, seu trabalho pastoral, a exemplo de Peter Erdo.

Bem, são apenas considerações. E, claro, temos ainda Peter Turkson. Os demais cardeais ATUAIS, até onde li, não se enquadrariam nas profecias.

Me corrija se eu estiver falando bobagens, pois isso é só uma especulação.
:)

Grande abraço!

Espiritismo disse...

PELO JEITO NÃO É SÓ O VATICANO QUEM TEM QUE MUDAR CERTOS DIRIGENTES ESPIRITAS; JOSE CONTINUE COM SEU TRABALHO IMPORTANTISSIMO QUE VEM SERVINDO DE ESTUDOS DE MUITA GENTE POIS QUEM ACOMPANHA SEU BLOG VE TODO O TRABALHO QUE VC DEDICA PARA COLOCAR TUDO QUE VEM OCORRENDO NO MNDO QUE IRÁ CULMINAR COM OS EVENTOS PREDITO POR JESUS E MUITOS OUTROS PROFETAS DIGNOS E DE CREDIBILIDADE SERÁ QUE ESSES TAMBEM CAIRAM DIANTE DE ALGUM ESPIRITO ZOMBETEIRO OU MALDOSO COM O INTUITO DE LUDIBRIAR OS PROFETTAS PARA ELES SEREM MISTIFICADOS ATE MESMO JESUS CAIU DIANTE DE UM DESSES PQ O MESTRE TAMBÉ, FEZ SUAS PROFECIAS SOBRE O FIM DOS TEMPOS ENTÃO PQ DIRIGENTES ESPIRITAS INSISTEM EM NEGAR TAIS PROFECIAS DIZENDO QUE NADA VAI ACONTECER E DESDE DE QUE O MUNDO É MUNDO SEMPRE OCORREAM DESASTRES NATURAIS? ESSAS PESSOS NEM ESPIRITAS PARECEM SER NÃO ESTAMOS NUM MOMENTO DE CONFLITAR MAIS SIM DE SE INSTRUIR CADA VEZ MAIS SE ATUALIZAR PARA PODER PASSAR O MAIOR NUMERO DE INFORMAÇÕES PARA AS PESSOAS QUE BUSCAM UM ENTENDIMENTO MAIS AMPLO ALEM DAQUILO QUE ALAN KARDEC CODIFICOU TAMBÉM COMO É COMPLICADO PARA ALGUMAS PESSOAS TENTAREM ENTENDER O QUE ACONTECE NO MUNDO E O QUE VAI OCORRRER EM ALGUNS ANOS É TRISTE VER ESPIRITAS KARDECISTAS CRITICANDO AS PROFECIAS OS PROFETAS E QUEM ESTUDA AS PROFECIAS, PROFECIAS ESSAS QUE EXISTEM DESDE OS ANTIGOS TEMPOS E QUE SERVEM PARA ALERTAR A HUMANIDADE E LEVAR AO HOMEM O PROGRESSO MORAL PARECE QUE NÃO SE PODE ESTUDAR OUTROS MEIOS CERTAS OPINIÕES NÃO TRAZEM NADA DE BENEFICIO PARA CAUSA MAIOR QUE É O AMOR; POIS VEMOS O TRABALHO QUE O JOSE TEM PARA NOS MOSTRAR UM TRABALHO QUE MUITAS PESSOAS COM MEDIUNIDADE NÃO FAZ POIS MUITOS COBRAM COM A JUSTIFICATIVA DE QUE VIVE DISSO, OUTROS ACHAM QUE SE FALAR AS PESSOAS VÃO FICAR ASSUSTADAS MAIS ISSO ESTA NA BIBLIA ENTÃO PQ O RECEIO DE FALAR SOBRE ISSO ABERTAMENTE, NÃO FALA SOBRE A ATUALIDADE NINGUÉM TA RASGANDO O BELISSIMO TRABALHO DE KARDEC MAIS TA NO HORA DE OS ESPIRITAS SE ATUALIZAREM TAMBEM E NÃO SÓ FICAR COM SEUS CONCEITOS; DESCULPE JOSE ESTE TEXTO QUE COLOQUEI NO BLOG MAIS LI OUTRO BLOG ESPIRITA QUE O DONO DO BLOG CRITICANDO UMA SERIE DE ASSUNTOS E FIQUEI UM POUCO CHATEADO PELO FATO DE ELE SER ESPIRITA E TER SIDO UM DIRIGENTE ACHO QUE ELE DEVERIA SE INFORMAR MAIS PQ NÃO SE PODE TER UMA OPINIÃO RADICAL PARECE QUE O ESPIRITA TEM QUE SER AQUILO E NADA MAIS POR ISSO QUE O MEUNDO ESTA ONDE ESTA PQ CADA UM QUER DEFENDER O SEU E OLHA O SEMELHANTE COM DESDEM SERÁ PRECISO JESUS VOLTAR ANTES DOS EVENTOS PARA ENSINAR ALGO QUE FALTOU A CERTAS PESSOAS ENRRIGECIDAS COM CERTOS PENSAMENTOS BAIRRISTAS COMO SE SO AQUILO QUE ELE SEGUE É O CERTO.
PARABENS POR TUDO QUE COLOCA JOSE POIS MUITOS VEEM A SERIEDADE QUE VC ESCREVE O BLOG PARA NOS INFORMAR E NOS TRAZER CONHECIMENTOS QUE POUCOS TERIAM A CORAGEM DE FAZER POIS FALAR DE TRASINÇÃO PLANETARIA, FIM DOS TEMPOS, APOCALIPSE E PROFECIAS DESAGRADA A ALGUMAS PESSOAS, CONTINUO ESPERANDO SEMPRE UMA POSTAGEM SUA QUE SEMPRE VEM COM INFORMAÇÕES PRECIOSAS PARA NOS INSTRUIRMOS CADA VEZ MAIS E TENTARMOS MELHORAR NOSSO INTERIOR PARA QUE POSSAMOS PERMANECER NA NOVA TERRA E AJUDAR NA SUA RECONSTRUÇÃO PARA UM MUNDO MELHOR PARABENS PELAS SUAS POSTAGENS E CONTINUE NOS INFORMANDO SEMPRE ASSIM COMO OS OUTROS EU TAMBEM ESTOU ESPERANDO ANCIOSO SEU LIVRO PARA ME INSTRUIR MAIS E DIVULGAR A OUTRAS PESSOAS QUE NÃO TENHAM CONHECIEMNTOS SOBRE ISSO POIS ISSO DEVEMOS PASSAR A TODOS E AQUELES QUE QUISEREM MELHORAR IRÃO SE INSTRUIR CADA VEZ MAIS E REFORMAR O SEU INTERIOR VLW JOSE OBRIGADO PELAS POSTAGENS E AGUARDO MAIS SEMPRE COM ASSUNTOS IMPORTANTES PARA NÓS OBRIGADO!!!!

hoof disse...

A referÊncia que Paracelso fez de uma pedra, no meu entender, faz alusão a uma das pedras fundamentais da Igreja Católica que foi o trabalho de catequese dos Jesuítas, que marcou um novo tempo na expansão da Igreja, sendo portanto uma das pedras fundamentais. No caso do nome adotado pelo atual PAPA de Franciso, a referência é clara, de Pedro o Romano, pois o nome de batismo de Francisco de Assis foi em verdade , outro,segundo este trecho da sua biografia : "Giovanni di Pietro di Bernardone, mais conhecido como São Francisco de Assis (Assis, 5 de julho de 1182 [1] — 3 de outubro de 1226), foi um frade católico da Itália. Depois de uma juventude irrequieta e mundana, voltou-se para uma vida religiosa de completa pobreza, fundando a ordem mendicante dos Frades Menores, mais conhecidos como Franciscanos, que renovaram o Catolicismo de seu tempo. Com o hábito da pregação itinerante, quando os religiosos de seu tempo costumavam fixar-se em mosteiros, e com sua crença de que o Evangelho devia ser seguido à risca, imitando-se a vida de Cristo, desenvolveu uma profunda identificação com os problemas de seus semelhantes e com a humanidade do próprio Cristo. Sua atitude foi original também quando afirmou a bondade e a maravilha da Criação num tempo em que o mundo era visto como essencialmente mau, quando se dedicou aos mais pobres dos pobres, e quando amou todas as criaturas chamando-as de irmãos. Alguns estudiosos afirmam que sua visão positiva da natureza e do homem, que impregnou a imaginação de toda a sociedade de sua época, foi uma das forças primeiras que levaram à formação da filosofia da Renascença.[2]" retirado da Wikipédia link : http://pt.wikipedia.org/wiki/Francisco_de_Assis#Sua_apar.C3.AAncia.
Assim sua aparência também está bem relacionada, com delgada e franzina. Acho que este PAPA é realmente o último predito por São Malaquias, é realmente Pedro o Romano e daqui até 2036 tomará decisões polêmicas e contraditórias, o que levará a Igreja Católica à ruina, pois o cenário na Europa e no mundo indica conflitos sócio-econômicos de grande envergadura. Acho que estamos realmente nos tempos difíceis, como previu Nostradamus e conforme está descrito no Apocalipse de João. Quando esperávamos um PAPA negro com o Nome literalmente de Pedro Romano, veio este argentino, mas seguiu fielmente Às metáforas que predisse São Malaquias. Se a igreja quiz escapar da profecia, foi em vão, pois as referÊncias são exatas e muito claras no meu modo de ver. Perdoem os erros de digitação e concordância.

MGP disse...

José, não seria o última papa o verdadeiro "chefinho" da turma, o próprio Bertone? É Pedro, é Romano (nascimento), é "negro" no sentido sombrio conforme tua breve descrição. E agora, mais do que antes, vai dar as cartas no Vaticano, já que o Hermano deve ser mais permissivo a isto do que o Germano. É a Eminência (ou Santidade) Parda que vai, cada vez mais, deter o poder elegendo papas passivos e seguidores do seu comando. Além disto, terá que amargar o fato de todas as suas convicções e conquistas desmoronarem nos próximos anos. A análise das profecias não poderia seguir por esta linha?
Parabéns pelo trabalho destemido, inovador e único no blog e na fanpage.
Marcelo - SP

José Alencastro disse...

Então MGP, a principio eu pensei o mesmo apos observar a cerimonia que ocorreu antes de eleição do papa, mas a realidade é outra (inclusive colocarei modificaçoes em azul nesse texto sobre o antipapa argentum), pois o papa está sendo inteligente, politico, sem bater de frente por ora com a Cúria, pois sabe que apesar de estarem em menor numero detem grande poder sobre a maquina administrativa do Vaticano. Durante os proximos dias eu explicarei tudo isso melhor, inclusive como o feitiço da cerimônia virou contra o feiticeiro. A batalha ali está apenas começando e será longa. Os textos sobre as profecias de Joao XXIII que colocarei essa semana no blog deixarão isso ainda mais claro, além de um evento grande que acontecerá em breve no mundo e que imobilizará temporariamente a força dos opositores presentes na Cúria. Fortes emoções nos proximos meses....

Helder Espada disse...

esse evento é o terramoto na costa oeste dos USA? Ha quem diga que a espiritualidade já está se preparando para recolher os espiritos que irão desencarnar nesse evento. OU isto tb so aocontecerá la para 2033-36?

José Alencastro disse...

Olá Hélder. O Big One não acontecerá agora, quando acontecer será um terremoto sem precedentes na história com mais de 12 graus na escala Richter, o que nao significa que antes dele nao possam acontecer tremores significativos na região da costa oeste. Falarei mais sobre isso hoje ainda.

Blubaglu disse...

Uma questão que me ocorre, se Francisco é mesmo o último papa, ele teria de viver até 2033 aproximadamente, quando estaria com 96 anos (76 mais 20 anos). Não seria uma idade muito avançada para um homem liderar a Igreja Romana nos tempos atribulados?

abraços,
João.

Fernando Coelho disse...

Para fazer jus ao nome que escolheu, Bergoglio terá mesmo que dinamizar o processo que resultará no fim da Igreja como a conhecemos, e pelo caminho proposto pelo primeiro Francisco, e que rejeitado pelos potentados do seu tempo, justamente em razão da sua incompatibilidade com a vocação ao fausto e à ostentação que caracterizou o catolicismo já muito cedo em sua história. E pelos primeiros gestos do Papa Francisco, parece que é o que ele fará.

José, e que eventos são esses que você mencionou? Não nos mate de curiosidade! :)

Obrigado por seus textos e um abraço!

José Alencastro disse...

Então Blubaglu,ocorre que nem Bergoglio e nem o papado chegarão até 2033. Nos próximos anos e não vai demorar muito, a Europa entrará numa profunda crise, Italia e Espanha ficarão em situação pior do que a do Chipre e os jovens iniciarão uma verdadeira revolução interna por um sistema economico mais justo que nao viva pra sustentar politicos e banqueiros. E esse conflitos tendem a respingar no Vaticano, sobretudo quando o governo vislumbrar nos tesouros papais a salvação temporária da economia italiana. Antes da invasão externa, da ala radical islamica, Roma e o Vaticano viverão dias difíceis e quando o atual papa morrer, o papado não existirá mais como o conhecemos nos dias de hoje, pois uma das intenções do atual papa é espalhar lideranças católicas pelo mundo, líderes ou papas continentais, descentralizando a figura de liderança em um unico líder. Por essa e por outras é que ele será o ultimo papa.

José Alencastro disse...

Eu acredito Fernando que ele conseguirá fazer muito pela reformulação da Igreja. Apesar de ser um homem conservador em alguns assuntos como o casamento gay, experiencias com celulas tronco e uso de camisinhas, em outros assuntos ele é bem progressista, como na busca por deixar a Igreja mais humana e humilde na ajuda a combater a pobreza e tambem em questoes liturgicas, como a permissão de que filhos de pais separados sejam batizados.

Essa semana eu vou começar a publicar a serie de textos diarios que serão entorno de 6 nos próximos dias, não publiquei hoje porque precisei atualizar os posts que falavam sobre a vinda do papa, mas essa semana vou trazer as novidades pro blog.

Abraço

José Alencastro disse...

Obrigado pelas palavras Espiritismo, eu espero de alguma forma poder colaborar para o progresso dos estudos na doutrina espirita. Abraço

hoof disse...

Obrigado por este blog existir. Aqui a verdade acontece por si só. Pergunto se no grande evento que vocÊ coloca que irá acontecer em breve, se será ainda este ano e qual será este evento? Eu acho que será o início de um ciclo de guerras que se esplalhará nos próximos anos pelo hemisfério Norte. Fico aguardando os seus próximos posts. Grande abraço!

Bruno disse...

Informações interessantes sobre o novo papa: por determinação dele, não irá utilizar o tradicional anel de ouro papal, tendo escolhido um anel de PRATA. Outra coisa, palavras do papa (tirei do msn): O papa Francisco disse nesta terça-feira que o poder do pontífice é constituído para servir aos outros, 'especialmente aos mais pobres, aos mais frágeis, aos menores, ao faminto, ao sedento, ao forasteiro, ao desnudo, ao doente e ao preso'.

'Certamente, Jesus Cristo deu um poder a Pedro, mas de que poder se trata? Nunca esqueçamos que o verdadeiro poder é servir, e que também o papa, para exercer este poder, deve entrar cada vez mais nesse serviço que tem seu auge luminoso na cruz. Deve pôr seus olhos no serviço humilde, concreto, rico de fé', afirmou o papa na homilia da missa de início de pontificado.

Jéssica Martins disse...

Olá, José!
Muito boa a sua análise, consegui entender o pq do Pedro, só não entendi muito bem como o atual Papa Francisco pode estar relacionado a Romano, quando os eventos principais da sua vida não correspondem a Roma.
Obrigada.

Profecias disse...

Eminente blogueiro, posto estar equivocado, mas pelo conhecimento de história que possuo, o Francisco de Assis, nasceu não na Itália, mas no Sacro Império Romano-Germânico. Carlos Magno foi coroado imperador do Sacro Imperio Romano, em 800 d.C e em 962 d.C, o germânico Oto I, fundou o 1º Reich ou Sacro Império Romano-Germânico que somente se desintegrou com as guerras Napoleônicas, em 1806. Foi o império dos Mil anos que o Hitler queria repetir. Uma parte da Itália estava sob domínio desse império no período de nascimento de Pietro. Vale uma pesquisa sobre o assunto.

Manuel Spartacus.

José Alencastro disse...

É verdade Manuel, mas acredito que a ligação profética do novo papa com a profecia de Malaquias seja outro.

Malaquias ao falar em "Romano" quis dar uma pista da origem demográfica da "pedra" ou "Pedro", ou seja, que o nome do local de nascimento seria a referência do tipo de Pedra, exatamente o país no qual Bergoglio nasceu, Argentina de Argentum, Prata.

o mesmo indício ocorre no Apocalipse cap 17, quando João refere-se ao oitavo papa como sinonimo da "Besta que era e já não é", ou seja, Roma, comparando o homem a um território ele quis dizer que seria identificado pelo território no qual nascesse, exatamente da prata (argentum) tirado do rochedo.

De qualquer forma parece claro que esse papa é realmente o Pedro Romano profetizado por Malaquias

Abraço

Cabo Julião disse...

Caro José,

Sendo este o último Papa, podemos dizer que muita coisa muda? Como se algumas coisas fossem antecipadas? O papado de Francisco dificilmente dura 10 anos. Ou talvez as profecias falem do fim do Vaticano, não da Igreja Católica em si. Poderemos ter outro papa, mas não mais em Roma. Algum evento grave na Europa pode forçar a transferência da sede da ICAR para outro lugar. Fala-se em Jerusalém, Brasília, etc.
O fato é que sendo ele o "Pedro Romano", terá um pontificado muito curto.
Abs,

Danton

José Alencastro disse...

Acredito que o principal ponto de mudança seja o fim da instituição papal bem antes do fim do Vaticano, tudo isso faz parte do processo de renovação do Cristianismo e de outras religioes do mundo, por isso que certos templos e grandes símbolos das grandes religioes de hoje terão de vir abaixo para que seja erguido um modelo diferente de convivencia entre as religioes. Abraço

Marcelo Galvan disse...

José, fiquei na dúvida agora... afinal de contas, na tua opinião, o atual papa Francisco é ou não é o tal "Pedro Romano", o último papa? abçs
Marcelo

José Alencastro disse...

É Pedro Romano sim Marcelo, em outros textos que publiquei recentemente no blog sobre a sucessão papal eu tambem coloquei algumas informações adicionais em azul explicando o motivo da confusão que eu fiz ao ter achado que esse papa não seria Pedro Romano. Abraço

Dinho B. disse...

José, Emmanuel dá um significado ao número 666 (texto abaixo). Por que se refere diretamente ao Papa? Há algum post no blog que trata sobre esse significado? Achei interessante. Abraço!

Quanto ao numero 666, sem nos referirmos as interpretações com os numeros gregos, em seus valores, devemos recorrer aos algarismos romanos, em sua significação, por serem mais divulgados e conhecidos, explicando que é o sumo-pontifici da igreja romana quem usa os titulos de "VICARIVS GENERALIS DEI IN TERRIS", "VICARVS FILII DEI" E "DVX CLERI", que sigificam "VIGARIO-GERAL DE DEUS NATERRA", VIGARIO DO FILHO DE DEUS" E "PRINCIPE DO CLERO". Basta ao estudioso um pequeno jogo de paciencia, somando os algarismos romanos encontrados em cada titulo papal a fim de encontrar a mesma equação de 666, em cada um deles.

Do livro A Caminho da Luz de Emmanuel, pisicogafado por Chico Xavier.

José Alencastro disse...

Em um dos posts do blog eu abordo os 7 significados do 666. Abraço


Ricardo Couto disse...

Olá José, parabéns pelas postagens das últimas semanas. Eu também concordo que o Vaticano irá acabar e que a figura do Papa será diluída em diversos representantes nos continentes ao longo dos próximos anos. Para que alcancemos um mundo de regeneração não podem existir algumas estruturas religiosas como as que temos no mundo de hoje, como você mesmo já falou em alguns textos. Acredito que tudo isso é uma tentativa da volta do Cristianismo primitivo. Mas enfim, sobre a egrégora do Vaticano, eu fiquei pensando e algumas coisas começaram a fazer sentido para mim. Com o fim do Vaticano, a maior egrégora religiosa do planeta será Meca (no meu entendimento). Quando as entidades trevosas ligadas ao Vaticano não puderem mais fazer uso dessa fonte de energia, eles irão procurar uma alternativa e creio que poderá ser Meca.
Acho que uma disputa sobre o controle da egrégora presente em Meca deverá gerar muitos conflitos no futuro. Também acredito que a vinda do falso profeta descrita no apocalipse pode estar ligada a tentativa de controle dessa energia e que o seu uso poderá ser direcionado para a geração de conflitos religiosos.
Existe alguma profecia que fale sobre o futuro de Meca e do Islamismo?
Abraços,
Ricardo Couto

AFS disse...

A minha tranquilidade acabou agora...rsrs. Eu acreditei seriamente que a invasão da europa, a queda de Roma a morte do último papa e o Big One seriam acontecimento quase que simultâneos. Mas, pelo que li agora, parece que a morte do papa e o enfraquecimento da Igreja virão bem antes. Na sua opinião, há um hiato muito grande entre esses dois eventos e a invasão da Europa? Outra coisa que me intriga é a respeito do anticristo. Mas não quero misturar os assuntos. Ótimo blog. Continuarei acompanhando. Abs!

José Alencastro disse...

Toda a cronologia dos eventos anteriores a grande tribulação, segundo o cruzamento das profecias de Nostradamus, Parravicini, João XXIII, Daniel e o Apocalipse está no post "A terceira guerra e os pássaros de aço" e de forma mais aprofundada em outros tópicos e no livro "A Bíblia no 3º Milênio" que interpreta todos os versículos do Apocalipse e todas as profecias do livro de Daniel.

Na série de 8 textos sobre as profecias de Parravicini que foi iniciada ontem, outras informações interessantes confirmarão muito do que já foi dito aqui no blog e apontam para um importante evento entre 2013 e 2021 e enquanto os dois papas estiverem encarnados.

Abs