4 de nov de 2014

A Profecia dos Presidentes

Brasília, profecia presidentes, petrolão

A profecia dos presidentes foi recebida no Centro Espírita Jesus de Nazaré, pela mediunidade de Chico Xavier, através do espírito de André Luiz, em Congonhas do Campo, aos 23 dias de dezembro de 1952, e registrada na Câmara Municipal da cidade, há mais de cinqüenta anos. A profecia diz o seguinte:

“O mundo caminha para grandes conquistas e também para grandes catástrofes. O engenho de guerra que assombrou o mundo com a destruição moral e material de Hiroshima e Nagasaki será a causa de desentendimentos no mundo inteiro. No Brasil, um líder operário terá morte violenta, pois as forças espirituais que vivem no cosmos pedem ao Supremo Criador justiça por tudo o que foi feito de bárbaro em nome do Supremo Criador e da Pátria.

Com o desaparecimento deste, o Brasil vai passar por momentos difíceis, diversos movimentos armados vão abalar profundamente a estrutura nacional. Em meio a isto virá um homem da terra do Mártir Tiradentes, e, apesar das pressões, muito irá fazer pelo Brasil, inclusive será o criador de uma Cidade Jardim, tal qual o Éden, diferente de todas as cidades, mas será substituído por outro que muita confusão irá criar e, na sua saída injustificada, vai deixar a nação abalada, e deste abalo vai começar o período crítico, até que o homem do patriotismo, vindo também da terra de Tiradentes, irá cercar-se de outros e vão derrubar a viga mestra da confusão e então muita coisa nova vai acontecer.

Homens, mulheres e crianças vão sofrer conseqüências justas provocadas por erros anteriores. O regime será combatido e até abalado, mas, muitas nações darão crédito e respeito ao Brasil.

Com a mudança dos homens, muitos que foram o esteio da situação serão chamados a prestar contas a Deus, então o sol, as enchentes e o frio vão criar a fome e o desespero, não só no Brasil, mas também no mundo.

Mas, no fim de tudo, vai aparecer um homem franco, sincero e leal que, montado em seu cavalo branco e com sua espada, dará uma nova dimensão e personalidade aos destinos do Brasil, corrigindo injustiças e fazendo voltar a confiança e esperança no futuro do Brasil.

Será combatido e criticado por seu temperamento e atitudes, mas ele contará com a proteção das Forças Supremas que habitam o Cosmos, e o Brasil será verdadeiramente o coração do mundo e, apesar de crises e ameaças, internas e externas, que irão aparecer, ele será sempre o fiel da balança pela sua fé e esperança no destino do Brasil a ele confiado.”


Vamos à interpretação:

"O mundo caminha para grandes conquistas e também para grandes catástrofes. O engenho de Guerra que assombrou o mundo com a destruição moral e material de Hiroshima e Nagasaki será a causa de desentendimento no mundo inteiro. No Brasil, um líder operário terá morte violenta, pois as forças espirituais que vivem no Cosmos pedem ao Supremo Criador justiça por tudo que foi feito de bárbaro em nome do Supremo Criador e da Pátria." (Getúlio Vargas, suicidou-se em 1954)

"Com o desaparecimento deste, o Brasil vai passar por momentos difíceis. Diversos movimentos armados vão abalar a estrutura nacional.” (Os acontecimentos que precederam o Golpe de 1964, após a morte de Getúlio)

“No meio a isto (período de 1954 a 1964) virá um homem da terra do Mártir Tiradentes (Minas Gerais) e, apesar das pressões, muito fará pelo Brasil, inclusive que será o criador de uma cidade Jardim, tal qual o Éden, diferente de todas as cidades." (Juscelino Kubitschek, que governou de 1956 a 1961 foi o criador de Brasília).

"Mas será substituído por outro que muita confusão irá criar e, na sua saída injustificada, (Jânio Quadros sucedeu JK e após 7 meses de governo renunciou) vai deixar a nação abalada; e deste abalo vai começar o período crítico (período que culminou com o Golpe de 1964), até que o homem de patriotismo, vindo também da terra de Tiradentes, irá cercar-se de outros e vão derrubar a viga mestra da confusão." (Tancredo Neves, eleito em 1985, colocou fim ao período dos militares no poder, de 1964 a 1984)

"E então muita coisa nova (eleição popular e impeachment) vai acontecer." (Período de Fernando Collor, eleito presidente em 1989 nas primeiras eleições diretas desde os anos 60 e que sofreu o impeachment ao final de 1992)

"Homens, mulheres e crianças vão sofrer conseqüências justas e injustas, provocadas por erros anteriores (inflação, confisco da poupança, planos econômicos fracassados nos governos de Collor e Sarney). O regime (presidencialismo) será combatido e até abalado (plebiscito do parlamentarismo ocorrido meses após o impeachment em 1992), mas muitas nações passarão a dar crédito e respeito (criação do plano real em 1994 no governo do sucessor de Collor, Itamar Franco) ao Brasil. (Fernando Henrique Cardoso assumiu, devido ao plano real, a presidência entre 1995 e 2002)

"Com a mudança dos homens (fim da era tucana, início dos 16 anos da era PT, que coincidiu com a eleição de uma mulher, mudança dos presidentes até então somente homens), muitos dos que foram o esteio (base) da situação (PT) serão chamados a prestar contas a Deus (condenados do mensalão ou talvez seja ainda uma referência ao futuro próximo sobre o petrolão, a partir daqui começa o trecho para pós 2014)."

Futuro próximo:  

"Então o sol, as enchentes e o frio vão criar fome e desespero, não só no Brasil, mas também no mundo." (Futuro próximo segundo a profecia, creio que antes de 2022. O Sol pode ser uma referência a seca em boa parte do território brasileiro, nordeste e sudeste)

"Mas, no fim de tudo (começo da mudança, fim do período mais duro de provações) , vai aparecer um homem franco, sincero e leal, que, montado em seu cavalo branco e com sua poderosa espada, dará uma nova dimensão e personalidade nos destinos do Brasil, corrigindo injustiças e fazendo voltar a confiança e esperança no futuro do Brasil." (Acredito que a partir de 2022, segundo os relatos que expus no livro “Brasil o Lírio das Américas). Clicando na imagem abaixo é possível conhecer mais sobre a obra.


"Será combatido e criticado por seu temperamento e atitudes, mas ele contará com a proteção das Forças Supremas que habitam o Cosmos, e o Brasil será verdadeiramente o coração do mundo e, apesar de crises e ameaças, internas e externas, que irão aparecer, ele será sempre o fiel da balança pela sua fé e a esperança no destino do Brasil a ele confiado." (período entre 2022 e 2036, período que de alguma forma esse homem atuará decisivamente na política)

Sobre 2022 e os anos revolucionários, segue o texto contido no livro Brasil o Lírio das AméricasAQUI 

Eis a interpretação da profecia dos presidentes entre 1954 e os idos de 2036

Fanpage Profecias o Ápice em 2036 no Facebook:

Fórum Profecias 2036:


16 comentários:

Caetano Motta disse...

Muito bom, parabéns!!!
Então pelo jeito muitas dificuldades estão por vir?!!!

yngride Amâncio disse...

Emmanuel seria o homem.Eu espero!

José Alencastro disse...

Pois é Caetano. Como dito no livro, tinhamos dois caminhos e escolhemos o mais árduo, o que dificultaria entorno de 10 anos as mudanças necessárias.

Walter Rodrigues disse...

É impressionante a precisão desta profecia. Duas coisas chamam imediatamente minha atenção. No início, quando ela diz que "o engenho de Guerra que assombrou o mundo com a destruição moral e material de Hiroshima e Nagasaki será a causa de desentendimento no mundo inteiro", o que ela quer dizer exatamente com isto? Haverá de fato uma guerra entre as potências nucleares? Ou a palavra "desentendimento" deve ser interpretada simplesmente como referindo-se às tensas negociações envolvendo os programas nucleares de países como Irã e Coréia do Norte?Muita diferença! Estou convicto, com base nesta profecia, que estamos entrando num período em que as forças da natureza farão enormes estragos em várias partes do mundo. A estiagem no Sistema Cantareira, que abastece São Paulo de água potável é só o começo. Nostradamus disse que um dia "a Terra seria abrasada", e ao que parece este dia não está longe. Quanto ao especto político da profecia, entendo que não adianta ficarmos parados, de braços cruzados, esperando que a espiritualidade conserte todas as coisas que estão erradas neste país. Este é um dos principais defeitos do brasileiro: aguardar que tudo caia do céu,ou que algum ungido apareça e resolva de uma tacada os problemas todos. A espiritualidade inspira as pessoas, mas a sociedade é que é o verdadeiro agente da mudança. Se a profecia estiver correta neste ponto, devemos esperar uma gradual conscientização política do nosso povo, e um aumento progressivo do seu interesse pelos assuntos públicos. No meu caso,já percebi isto, pois até algum tempo atrás eu jurava jamais me envolver naquilo que eu pejorativamente qualificava como "politicalha imunda",e agora já percebo que estou lendo e discutindo política como nunca fiz antes. Parabéns pelo post, Alencastro! Estou aguardando a chegada do teu livro para ter um entendimento mais amplo deste assunto.

Marcelo Kraftwerk disse...

Faz sentido mesmo, têm muita coisa que bate direitinho. Sua interpretação é muito boa. Deus te abençõe.

Fabrício E. disse...

José, em relação aos 10 anos de atraso, chegando até derramamento de sangue para a mudança. Isso no caso da oposição perder em 2018 novamente ou porque já está considerando como certa a vitória de Lula?
E tendo em vista a mudança envolvida, de toda a nação, e o já debilitado estado de saúde do ex presidente, não existe a chance de intervenção espiritual levando em conta o caminho menos pior?

Abraço

José Alencastro disse...

Olá Fabrício

Pessoalmente eu acho que o Lula não chega em 2018. Falei sobre isso no livro (o nível 3, quem leu vai lembrar)

O atraso de 10 anos não significa que as mudanças só começaram em 2024, até porque mencionei, também no livro, que o auge desse processo será em 2022.

Esses 10 anos dizem respeito a recuperação dos eventos que acontecerão nesse atual mandato.

É como se alguém que tem uma ferida e pode cuida-la adequadamente minimiza o tempo de cicatrização e seus efeitos dolorosos mas prefere abrir ainda mais essa ferida, causando mais dor e um periodo de cicatrizaçao maior que exigirá ao longo desse periodo de cicatrização medidas mais energicas. Se tivessemos ido pelo caminho mais brando, chegariamos em 2022 não precisando realizar algumas ações drásticas que agora, inevitavelmente, acontecerão até la, pois as mudanças já foram programadas pelo Alto, as 2 opções foram oferecidas, mas ambas, de um jeito ou de outro, levam a queda do atual modelo que está aí.



Alessandro Silva Gouvea disse...

Olá José
Existe algum fundamento nas previsões feitas pelo chamado código da Bíblia? Vi em um texto que para o período pós 2014 o nome de Dilma Rousseff não aparecia como um dos provaveis presidente do Brasil. Além disso, o texto afirmava que o Collor não era mencionado para ser presidente na época que venceu as eleições, vindo a sofrer Impcham. Que quem aparecia como provável vencedor daquele pleito era Guilherme Afif Domingos o que corrobora com uma previsão feita por Neila Alkimim para esta época.

José Alencastro disse...

Responderei no fórum essa pergunta Alessandro e vou divulgar ainda hoje na fanpage :)

Abraço

Walter Rodrigues disse...

José, já que o assunto é presidente, há uma profecia da Baba Vanga (sensitiva quase desconhecida no ocidente mas muito popular no leste europeu, cuja percentagem de acerto, dizem, é superior a 80%), que diz o seguinte: "na Casa Branca vai chegar um homem negro. Este presidente será para a nação o último, porque depois a América vai congelar, ou cairá numa crise econômica enorme". Você tem alguma informação que corrobore esta previsão?

José Alencastro disse...

As profecias da BabaVanga são essas aqui:

http://www.ocultismodesoculto.com/2011/03/baba-vanga-vidente-cega.html

Pelo que pesquisei das fontes que falam sobre as profecias dela não tem nenhuma sobre um presidente negro, apenas em um site, mas sem citar um livro ou algum outro link. O que se sabe são essas que estão nesse link e começaram a circular na net la por 2007-2008

Walter Rodrigues disse...

José, em inglês quase não tem nada (por que será?). Confira no youtube https://www.youtube.com/watch?v=UyJnRS5gvdw ( que está em russo, e foi a versão que eu postei, pois entendo um pouco desta língua), e este outro aqui em francês:https://www.youtube.com/watch?v=Kl5MxhG50ao
Abraço!

Marcio Magalhaes disse...

Poderia ser o jair bolsonaro?

Marcio Magalhaes disse...

Jair Messias bolsonaro, existe possibilidade de ser esse homem?

VWBRAZIL disse...

Com certeza esse homem que virá e mudará o Brasil colocando-o no eixo será Jair Messias Bolsonaro, o unico que vejo no horizonte politico com carater e reputação ilibada e capaz de causar tal transformações, pode confiar esse é o homem se você não o conhece pesquise e veja que as profecias batem certinho ele é um homem criticado por suas atitudes, mas se vÊ seus projetos de leis mostrando sua competência em favor da nação Brasileira.

Marcelo Arnoni disse...

Lendo tudo isto hoje e acompanhando a trajetória da Operação Lava Jato, não seria de se pensar na possibilidade do "homem franco, sincero e leal, que, montado em seu cavalo branco e com sua poderosa espada, dará uma nova dimensão e personalidade nos destinos do Brasil, corrigindo injustiças e fazendo voltar a confiança e esperança no futuro do Brasil" ser justamente o juiz federal Sergio Moro? Quem vem nestes tempos perseguindo as injustiças, colocando os poderosos e criminosos de colarinho branco na malha da justiça? Quem vem nestes tempos angariando a simpatia e dando nova esperança ao povo brasileiro e confiança num futuro melhor para o Brasil? Quem vem sendo combatido e criticado por suas atitudes que ferem o âmago deste poder corrompido? Acredito que estamos reconhecendo neste corajoso juiz, o homem - o fiel da balança - que esta profecia se refere.
Abraços fraternos a todos!