5 de out de 2017

Experiências com Projeção Astral - As Recentes Novidades sobre o Brasil

São Miguel, São Jorge

Após os recentes acontecimentos na América Central e Caribe durante a visita do papa à América cumprindo a profecia de Parravicini, Nostradamus e também a visão sobre um grande terremoto e grandes inundações na região da placa de cocos e do Caribe que foi trazida um ano e meio atrás no blog, algo muito estranho foi divulgado pelo governo americano: que vários diplomatas americanos sofreram um ataque com uma suposta arma supersônica em um hotel famoso de Cuba (o hotel Capri) o que causou perda de audição e inchaço cerebral em vários embaixadores americanos. A questão é que os próprios agentes do FBI afirmaram que uma arma supersônica não poderia causar os danos cerebrais que foram apresentados nos diplomatas.

Para aqueles que já conhecem as informações trazidas nos livros, em especial “Brasil o Lírio das Américas” e “Armagedoom 2036” não é novidade que há espionagem no mundo astral e não apenas por milícias umbralinas, mas por grupos treinados de encarnados com tecnologia avançada patrocinada em especial pelos governos dos EUA (projeto Stargate) e Rússia (projeto Drakon) para atuar em missões de espionagem astral com soldados psíquicos conhecidos como “skywalkers”.

Coincidência ou não, as primeiras informações sobre esses dois projetos, trazidas nos livros citados, foram obtidas através do departamento de inteligência (e espionagem) dos guardiões ligados às equipes de Anik e Jeremias e que se confirmaram depois do lançamento do livro em 2014, demonstrando que não apenas os guardiões estavam atuando no projeto de desmantelamento do marxismo na América do Sul cumprindo as diretrizes do cronograma da Transição Planetária, como o governo americano já estava com isso planejado (e servindo ao propósito dos guardiões) como foi revelado no livro “Brasil o Lírio das Américas” e coincidentemente o principal QG descrito no livro (capítulo arquivo 777) ficava exatamente no subsolo de um hotel (em Nova York).

É óbvio que o governo americano não virá a público dizer: “olha, acreditamos que sofremos um ataque astral de soldados paranormais da Rússia para desestabilizar as relações entre EUA e Cuba”, mas por mais surreais que as informações pareçam é a mais pura verdade, como é possível comprovar pelas informações que se concretizaram desde 2014, sobre o projeto americano para a América do Sul e como os guardiões se utilizaram disso para dar prosseguimento ao cronograma da Transição, além do mesmo “modus operandi” (a utilização de um hotel em ambos os relatos de espionagem, tanto por parte de russos e americanos em seus respectivos projetos militares "psíquicos")

Relembrei esses acontecimentos exatamente para explicar as experiências projetivas que vivenciei nos últimos dias e que tratam das mais recentes missões dos guardiões no combate e desmantelamento de diversas situações no Brasil.

Espíritos como Miguel e as equipes de guardiões superiores, como as de Anik e Jeremias estão constantemente em tarefa, conduzindo equipes locais ou de menor experiência para que as diretrizes do cronograma mundial da Transição Planetária sejam cumpridas até seu "deadline" em 2036.

Mas qual o motivo de projetos governamentais de paranormais escolherem hotéis como suas bases de trabalho? A resposta é simples: ectoplasma. Normalmente os lugares turísticos que atraem pessoas para divertimentos, consumo e alguns exageros que podem acontecer no período de férias em um lugar diferente daquele que a pessoa normalmente freqüenta cria o ambiente ideal para que essas pessoas sejam vampirizadas pelas entidades que comandam o local, até porque a própria proteção dos espíritos amigos é dificultada nessas situações. Com farto material ectoplasmático disponível que se soma aquele que é utilizado pelos encarnados que trabalham para esses projetos governamentais fica muito mais fácil agir em certos fenômenos obsessivos mais intensos (basta relembrar os relatos sobre o mago negro da Síria e seu clone que foi tema de um dos textos do blog que abordou também o tema dos animais de poder e depois foi mais estudado no livro “Brasil: Ordem em Progresso”)

Na primeira missão da série de missões que vivenciei e relatarei a seguir, uma guardiã ligada à equipe de Anik levou-me em projeção consciente à capital mineira, em meio a uma rua bem arborizada e de prédios muito bonitos. Dentre os prédios, um deles se destacava: uma grande torre, de aspecto muito luxuoso. Adentramos no local e a arquitetura era belíssima, com paredes muito altas, amplos salões, uma grande piscina. Curiosamente eu reparei que estava próximo da hora do despertar, mas no local pairava uma penumbra típica do início da noite. A guardiã então explicou que aquela estrutura astralina era a contrapartida astral de um luxuoso hotel na capital mineira, uma construção astral controlada por uma equipe umbralina formada por antigos religiosos cristãos que estava já a alguns meses conseguindo firmar acordos com figuras proeminentes do cenário cristão tendo por objetivo que essas figuras arrastassem seus seguidores para confraternizações e cultos naquela região do astral, mas tendo por objetivo claro a vampirização de ectoplasma e alienação dessas pessoas, as deixando cada vez mais envolvidas pelas egrégoras com as quais estavam conectadas.

Aquele grupo de religiosos do astral, um dos grupos descritos no livro “Armagedoom 2036” tinha um objetivo ambicioso: conseguir reunir energia suficiente para alienar um grande contingente de "fiéis" e assim sabotar a missão de João Gabriel (descrito no livro Brasil o Lírio das Américas) e toda a ascensão do movimento de jovens militares em favor da democracia e do fim da corrupção programado para a década de 20 como foi descrito no livro, bem como fomentar o descrédito quanto ao cronograma de eventos da Transição Planetária trazido por Miguel em 2014 no livro “Brasil o Lírio das Américas”. Não é preciso ir muito longe no raciocínio, especialmente para aqueles que leram o livro "Armagedoom 2036" para concluir que esse grupo está associado aos grupos trevosos que desejam ressuscitar o marxismo e a ideologia vermelha (com toda a sua pauta) antes de 2022, unindo forças para tentar alguma ofensiva após o "faxinão" realizado nas Américas entre 2012 e 2017 ( faxinão previsto no cronograma em 2014 e se realizando com exatidão desde então) 

O objetivo daquela missão de espionagem, segundo a guardiã, era não apenas mostrar o que estava acontecendo como dar um alerta muito claro àqueles, encarnados e desencarnados, envolvidos no projeto: todos que tentassem se opor a ascensão do exército pela via democrática não teriam sucesso e todos aqueles que estavam trabalhando ainda em prol de idéias marxistas e do partido vermelho, ainda que indiretamente, cairão de forma irrevogável pela espada de Miguel. As equipes de guardiões superiores já estão cientes do plano e já estão trabalhando no combate a esse projeto das sombras como tanto outros (como o que relatarei a seguir).

A segunda missão foi igualmente interessante. O departamento de inteligência dos guardiões rastreou que aconteceria um encontro no astral do Rio de Janeiro tendo como atrações notórios artistas e intelectuais de esquerda (leia-se marxistas), uma esperta estratégia das sombras que se aproveitava das recentes discussões sobre exposições (nada) culturais em museus para estimular que o público doutrinado da esquerda fosse atraído para aquele evento astralino. O ponto “alto” da noite seria um show-discurso com um conhecido artista da esquerda que começou sua apresentação saudando a memória governanta impichada para inflamar a militância de jovens alienados em desdobramento: “esse som é para nossa cara Vana” (com um proposital trocadilho). 

Os guardiões conseguiram se infiltrar na reunião, disfarçados de pessoas comuns, apenas para espionar os planos que a treva vermelha estava planejando e o que descobrimos não foi nada bom: há um plano em curso de entidades umbralinas não apenas estimularem a baderna dos militantes junto com movimentos sociais para conter o avanço do novo governo que será eleito em 2018 (que sepultará de vez o marxismo no país), como também influenciar através do astral que milícias encarnadas que formam grupos paramilitares, sobretudo no Oriente Médio venham para o Brasil e se juntem à causa marxista. Recentemente as primeiras comprovações sobre isso foram divulgadas na mídia:


Na própria reunião vermelha ocorrida no submundo astralino da capital carioca detectamos que no meio dos artistas e intelectuais desdobrados, junto com jovens militantes havia também membros de movimentos sociais que pregam invasões de terra em profunda troca de informações com espíritos de aparência árabe ligados à milícias paramilitares planejando como poderiam estimular uma invasão maior desses grupos dentro do Brasil para que pudessem trabalhar pela causa marxista como forma de combater uma inevitável ascensão pelo voto das forças democráticas aliadas ao Exército em solo brasileiro. Da mesma forma que o outro grupo astral religioso de (pseudo) cristãos está sendo monitorado pelas equipes de guardiões esse outro grupo de vermelhos reacionários também está sendo acompanhado de perto e todas as tentativas de criar milícias marxistas em solo brasileiro serão infrutíferas e duramente combatidas pelas hostes de Miguel. 

espada de miguel

Nada, absolutamente nada, impedirá a ascensão das forças democráticas ligadas ao Exército e as idéias liberais no espectro econômico, as velhas raposas que se preparem, pois as antigas idéias que pregam e a imagem que ainda tentam cultivar cairão como um castelo de areia, assim como dos grupos citados aqui nesse texto.

Por fim, a última das experiências dessa série, com o intuito de informar aos encarnados o que realmente está acontecendo do lado lá (afinal não adianta só falar de bastidores do astral sem que se tragam informações sobre o futuro próximo que possam ser comprovadas na prática) foi bem interessante.

Em um dos Ministérios ou centrais de comando localizado na região astralina de Brasília (um dos vértices do Triângulo da Paz) eu fui levado pelos amigos espirituais para observar uma audiência, especificamente em um Ministério da justiça, no qual três políticos, dois desencarnados e um encarnado, estavam sendo ouvidos e celebrando um acordo com entes da justiça divina, para “aliviar” certos débitos nas suas respectivas fichas kármicas. Esses Ministérios são numerosas células nas quais a espiritualidade superior exerce todas as atividades do organograma ligadas ao cronograma da Transição Planetária, tendo como hierarquia máxima o Grande Conselho (assunto abordado vastamente no livro “Brasil: Ordem em Progresso”)   

Um dos políticos da audiência havia sido um dos fundadores do partido dos tucanos e o outro foi notório pela construção de diversas escolas quando governador, já o encarnado havia sido responsável por desencadear as primeiras informações que deram origem ao processo do Mensalão.

Os três estavam bem vestidos, com ternos alinhados e uma postura altiva, apresentando uma aparência perispiritual na casa dos 50 anos, algo comum entre políticos no astral: nem muito velhos na aparência para não passar a “imagem” de ultrapassados e nem muito novos para evitar a imagem de inexperiência (coisas do “marketing” do lado de lá). Segundo informaram os amigos espirituais que me auxiliavam, muitos políticos desencarnados pedem o amparo da justiça divina quando são confrontados com a realidade espiritual do planeta: um exílio em massa nos próximos 20 anos e muitas dívidas kármicas a serem quitadas. Em alguns casos percebem que se trabalharem pelo bem, sobretudo fornecendo informações diferenciadas que ajudem a solucionar alguns casos importantes no processo de limpeza da corrupção do país colaborando com o departamento de inteligência dos guardiões, podem até mesmo evitar o degredo planetário.

Questionei aos amigos espirituais se aquela era a situação da maioria dos políticos desencarnados e tive como resposta que infelizmente não. Poucos conseguiam realmente compreender os erros que cometeram para buscar um sincero trabalho em prol do bem, muitos permaneciam após o desencarne ligados às milícias umbralinas e outro grande contingente não conseguia se desvencilhar em virtude das grandes dívidas e acordos espúrios que havia realizado com facções do astral em troca de poder e fama quando estavam encarnados. Mesmo entre os delatores a maioria não conseguia benefícios suficientes para evitar o degredo planetário. E infelizmente esse último caso não estava restrito apenas aos políticos desencarnados (como explicado na primeira experiência narrada nesse post)

Dessa maneira, explicaram detalhadamente os amigos espirituais, a maioria dos políticos desencarnados que realmente mostrava algum interesse em mudar suas atitudes (antes voltadas apenas para a busca de luxo e visibilidade social) e fornecer informações relevantes conquistavam a posição de trabalhar para os guardiões e a justiça divina, posição que os três políticos (o encarnado segundo informaram ganhou uma moratória de 10 anos após grave doença exatamente pelo acordo que firmou com a justiça divina) estavam tentando exercer, fornecendo informações importantes para algumas das missões contra a corrupção que atualmente a justiça divina, através de operações como a Lava Jato busca realizar.

Esses “delatores” astrais dentro da política conseguiam acesso mais fácil a certo conteúdo psíquico de outros políticos e pessoas importantes ligadas a determinadas egrégoras políticas que os agentes da justiça divina não teriam como rastrear, devido ao grande número de pessoas envolvidas e de informações a serem rastreadas e decodificadas, tornando tal colaboração dos delatores fundamental para a solução de determinados casos.

Pude dentro daquele ambiente compreender um pouco mais sobre como a justiça divina funcionava do outro lado: permitindo inúmeras chances de remissão mas sem anular a necessária colheita daquilo que havia sido plantado de forma equivocada.  

Essas foram apenas algumas das ações que estão sendo mapeadas pelos guardiões superiores e demais espíritos colaboradores de toda a organização que envolve o Grande Conselho Planetário e o cronograma mundial de eventos programados até o ápice da Transição em 2036, já iniciando a separação do joio e do trigo no trabalho espiritual   

Para conferir as previsões cumpridas, o cronograma da Transição Planetária que está se cumprindo desde 2014 com alto grau de acerto e detalhamento, o estudo sobre 2036 e saber como adquirir os livros, clique no banner abaixo:



3 comentários:

sirhennaell disse...

Notório construtor de escolas Leonel Brizola, fundador do PSDB Mário Covas (M.'.M.'.)...

André Werneck disse...

Possivelmente o outro é Roberto Jefferson...

Unknown disse...

Tô chocada.... pensei exatamente nos três....