5 de jan de 2018

Previsões 2018


previsoes 2018


Como já é tradição desde 2014 todo o início de ano ou final de ano trago as previsões principais para o ano seguinte. Previsões como o caminho de mudanças do Brasil entre 2014 e 2018, a queda do governo vermelho até 2017, a vinda em 2014 de um escândalo ainda maior do o mensalão, além da previsão com quase 1 ano e meio de antecedência apontando até quando e onde aconteceria o próximo sismo igual ou superior a 8 graus na Escala Richter (na área da placa de cocos antes do final de 2017, previsão feita no começo de 2016, que inclusive analisou astrologicamente a possibilidade de um grande evento em 22 de julho de 2017, sendo que dois dias antes ocorreu um forte sismo que gerou um tsunami na Grécia ) como pode ser verificado nos seguintes links:




Essas são apenas algumas das previsões certeiras e detalhadas além de várias outras que poderão ser verificadas ao final desse texto. Antes de trazer as previsões para 2018 deixarei os links com textos recentes que relatam algumas das previsões que trouxe para o ano de 2018:

Previsões para o Brasil sobre Terremotos, Copa e Presidente 2018:



Saturno: Mudanças Coletivas e Individuais - O Cenário do Brasil em 2018:



Orixás Regentes em 2018, Conflitos Mundiais, Política e Copa do Mundo:



Xangô Regente em 2018- A caça aos corruptos:



ASTROLOGIA - RECUPERAÇÃO ECONÔMICA NO BRASIL

mapa astral ano novo 2018


Será um ano positivo para a recuperação econômica do país. Se olharmos o mapa do ano novo de 2016 (publicado no dia 4 de janeiro daquele ano no blog) veremos Marte na casa 02 (a casa das finanças) em forte quadratura com Mercúrio (comércio) enquanto Urano na casa 07 (associações, sócios) em forte quadratura com o Sol apontando que aquele ano seria complicado. No mapa do ano novo de 2017 nenhum aspecto na casa 02, sendo que na casa 07 um favorável e um tenso, apontando um ano neutro, como realmente foi, com uma tímida melhora nos marcadores econômicos

Já 2018 se iniciará sem a quadratura Urano casa 07 e Sol na casa 04 que pegou o início do ano do Brasil em 2016 e 2017. Teremos Marte e Júpiter na casa 02 em bons aspectos com Netuno, Sol e Plutão, além de um sextil envolvendo Urano na casa 07 com a Lua na casa 10

Dito isso, o método para analisar se o ano será um bom ano na economia é bem simples; basta observar aspectos favoráveis e desfavoráveis envolvendo casa 02 2 10 prioritariamente, assim como a casa 07 e além desses a posição de Júpiter no mapa. Façam o teste e vejam os mapas do primeiro do ano em 1990 (plano Collor e confisco) e 1994 (plano real). 

Curiosamente a Lua estará nos graus finais de Gêmeos no primeiro do ano em 2018, assim como estará no encerramento das eleições no segundo turno, dia 28 de outubro de 2018. No encerramento da votação Áries estará ascendendo e Plutão estará cravado no Meio Céu em Capricórnio, assim como Júpiter e Mercúrio estarão em forte conjunção em Escorpião (profundo sentimento de renovação, morte da velha política para o início de algo novo), sendo o astro mais forte do dia Saturno em Capricórnio que estará na casa 09 (filosofia, valores e ética) no encerramento da votação fazendo forte sextil com o Sol também em Escorpião. Definitivamente não teremos nenhum político marxista ou que esteve no poder ou junto ao poder Executivo nos últimos anos. O mapa do dia da eleição (28 outubro de 2018) pode ser visto na imagem abaixo:

mapa astral eleições 2018


O estudo completo sobre as eleições no Brasil com base no mesmo método que utilizei para acertar a eleição de Macron na França estará no segundo texto das previsões, juntamente com a análise do mapa natal de Bolsonaro que, como previ anteriormente, será o próximo presidente do Brasil.


ASTROLOGIA- OUTRAS PREVISÕES DA POLÍTICA E MUNDO

A humanidade poderá passar por um novo surto de h1n1(gripe suína) ou ebola. Um dos períodos mais críticos do ano para essa previsão é a última semana de novembro de 2018

No Brasil a recuperação da economia e os baixos índices dos reservatórios poderão trazer racionamento de água ou energia (apagão) ao longo do ano, no caso da energia existindo o risco de medidas emergenciais para evitar apagão durante a Copa e eleições.

Na política, entre março e julho o mapa de Temer está bem ruim, apontando problemas mais significativos de saúde ou novos escândalos, podendo ser afastado ou precisar renunciar

Entre julho e final de agosto acredito que teremos o período mais conturbado na política brasileira. Algo muito importante acontecerá com relação a Lula, seja a prisão definitiva ou a confirmação da impugnação da sua candidatura, período que a militância vermelha estará desesperada. Como também já apontei em post linkado no início do texto, esse período mais delicado para Lula será entre 26 de junho e 10 de julho.

No mesmo período (entre julho e final de agosto) problemas surgirão para Alckmin impedindo que ele vá para o segundo turno. Nessa janela temporal Bolsonaro poderá sofrer um atentado como medida desesperada dos seus opositores, assim como é possível que a segurança tenha que intervir para evitar confrontos entre simpatizantes de esquerda e direita durante as carreatas eleitorais.

Se Joaquim Barbosa não for candidato, o nome que vai para o segundo turno com Bolsonaro é Ciro Gomes, que herdará não apenas boa parte dos votos de Lula impedido de concorrer e também de Marina, que apesar de possuir um razoável capital político que varia entre 12% e 15% das intenções de voto será vista como incapaz para lidar com o momento político conturbado do país, tendo seus votos transferidos para Ciro (lembrando, se Barbosa estiver fora da corrida).

Tanto Huck quanto Dória tem um projeto político para a presidência, mas vão buscar “ganhar mais tutano” para as eleições de 2022. Demais nomes como Meirelles, Álvaro Dias e demais candidatos não tem a menor chance

Entre o início e meados de agosto há o risco de um grande acidente aéreo ou atentado que envolva veículos com potencial bastante destrutivo.

Rússia e Dinamarca terão problemas diplomáticos

 
PREVISÕES ENVOLVENDO COPA DO MUNDO

Como mencionei anteriormente, o artilheiro da Copa fará 09 gols e acredito que será Messi.

Entre final de junho e início de julho é o período mais sensível para um ataque terrorista durante a Copa. Na imagem que eu enxerguei vi um local próximo a um estádio, onde havia uma estrutura parecida com um mastro de ferro também muito próxima de um edifício escuro (preto ou cinza escuro). Como também já mencionei anteriormente, os outros principais locais serão estações do metrô

Também como já afirmei anteriormente, o Brasil conseguirá desforra sobre um de seus algozes históricos (acredito que seja a França ou o Uruguai) e chegará à final contra a Argentina, que será a campeã. A Copa será conhecida como “a copa dos sulamericanos”


OS ARCANOS MAIORES

Para calcular a regência de um dos 22 arcanos ao longo do ano o cálculo é bem simples; basta somar os algarismos do ano até chegar a um número igual ou menor que 22. Já para calcular o arcano regente do um país basta subtrair o ano da independência do país (exemplo: EUA 1776) do ano em curso (2018) e somar os algarismos do resultado até um número igual ou menor que 22.

Dito isso, 2018 será um ano regido pela lâmina A Força (2+0+1+8) uma carta que mostra uma mulher segurando de forma serena a boca de um leão. No contexto de interpretação dessa carta a nível mundial a associação é muito clara com o poder representado por mulheres (seja na forma de rainhas ou nações claramente representadas como por exemplo os EUA e a estátua da liberdade) agindo diretamente em transformações significativas na política mundial (representada pela imagem do Leão, poder solar, realeza).

Desde 1901 esse arcano regeu apenas mais um ano além de 2018, o ano de 2009. Em 1901 o reinado de mais de 60 anos da rainha Vitória do Reino Unido se encerrou com a sua morte. Naquele mesmo ano o presidente William Mc Kinley tomou posse e foi assassinado meses depois ainda em 1901. Ao pularmos para 2009 temos a posse de Barack Obama, o primeiro presidente negro dos EUA, assim como a morte do “rei” do pop Michael Jackson. Considerando essas associações podemos aguardar acontecimentos relevantes de grande alcance mundial em um ou mais dos seguintes países: Inglaterra (desencarne da rainha?) França, Rússia, EUA (escândalos envolvendo Trump, Rússia e assédio)  

EUA

Em 4 de julho de 2018 os EUA começarão a ser regidos pelos arcano 8 (Justiça) o que significa resgate, pena para excessos ou ilegalidades cometidas em uma ação que vai até julho de 2019. Complicações para Trump, estouro de uma nova bolha, enfraquecimento diante de questões militares ligadas ao Oriente Médio (questão de Israel) são apenas algumas das manifestações que essa lâmina pode representar. Entre julho e dezembro de 2018 o mundo enxergará os EUA como o arcano 19 (O Sol) devido a soma do ano (11) com a lâmina dos EUA (8), carta que simboliza a vitória da luz sobre as trevas, um novo início sobre movas estruturas (crianças sobre a torre reconstruída) trazendo a luz tudo o que estava oculto

RÚSSIA

As mesmas lâminas citadas acima regerão a Rússia, devido a sua criação em 1991, o que obviamente não é uma coincidência que as duas principais potências atômicas do Globo estejam alinhadas sob a influência da mesma energia Entre dezembro de 2017 e dezembro de 2018 será o ano de resgate para a Rússia e Putin, sendo que questões como a Síria e agora o Irã poderão trazer problemas para o Kremlin, além de outras questões com repúblicas separatistas e ex repúblicas. O mundo enxergando a Rússia como o Sol (arcano 19) certamente tem ligação com a Copa do Mundo, oportunidade de maior abertura para o Ocidente e Europa

UNIÃO EUROPÉIA

Criada em novembro de 1993, será regida de novembro de 2017 à novembro de 2018 pelo arcano dos enamorados sendo vista pelo mundo como a estrela (arcano 17), o que aponta a união do bloco mesmo após o brexit (com as instituições financeiras inglesas mantendo os antigos acordos do bloco) e ao mesmo tempo a proeminência da Alemanha de Merkel no bloco, bem como um indicativo de que poderemos ter troca no trono inglês.

Alencastro astrologia


BRASIL

Até setembro de 2018 o país será regido pelo arcano o diabo (arcano 15) o que aponta uma profunda luta pelo poder político e também desafios na área econômica imensos. Se repararmos a história do Brasil nos anos em que foi regido pelo arcano do diabo, veremos que quando o país não enfrentou uma coisa (profunda luta pelo poder político) enfrentou outra (imensos desafios econômicos). Se minhas análises estiverem corretas, esse ano será de certa calmaria na área econômica, mas de imensa turbulência na área política. Vamos relembrar o que aconteceu nos anos regidos pelo arcano do diabo, que precede o arcano 16 (a torre) que foi analisado no livro “Brasil: Ordem em Progresso”:

“Teremos o Brasil regido durante as eleições pela carta A Torre (que entra em setembro de 2018) enquanto que o mundo estará regido pela carta A Força. A nível mundial nós teremos um sentimento de coragem, bravura para encarar problemas espinhosos, vontade férrea para superar difíceis obstáculos (situações que estavam sendo “empurradas com a barriga” ou que não estavam totalmente resolvidas). Já no Brasil este sentimento será ainda mais potencializado, pois a carta A Torre (representada por um raio caindo e quebrando o alto do castelo) representa a libertação, a destruição completa daquilo que não serve mais, início de algo totalmente novo.” (Brasil: Ordem em Progresso, página 147)

Períodos que o Brasil foi regido pelo arcano o diabo:

Entre setembro de 1837 e setembro de 1838 – Período regencial (1831-1840) no qual o futuro imperador Pedro II crescia para adquirir maioridade e reinar após a renúncia de Pedro I. Especificamente entre 1837 e 1838 o regente Feijó renuncia e duas revoluções internas estouram no país: Cabanagem (Pará) e Farroupilha (Rio Grande do Sul).

Entre setembro de 1936 e setembro de 1937 – Dentro da Era Vargas (1930-45). Entre 1936 e 37 Getúlio recebeu amplo apoio dos militares para a implementação do Estado Novo (a partir de 1937) em virtude do forte clima de instabilidade política diante da ameaça comunista (o tribunal para julgar a intentona comunista foi criado exatamente em setembro de 1936). Em suma, quando o Estado Novo foi criado tivemos a ascensão da carta A Torre, a mesma que vai reger o Brasil a partir de setembro de 2018.

Entre setembro de 1981 e setembro de 1982 – Foi o ano da crise da divida externa brasileira (1982) que para muitos foi o ponto decisivo para que os militares decidissem pela abertura política. No mesmo ano outras duas desgraças aconteceram: a criação do partido do nove dedos e o desastre do vôo da VASP 168, o maior acidente aéreo do país até 2006.

Entre setembro de 1990 e setembro de 1991 – O ano do confisco da poupança fazendo com que o país fechasse aquele ano com forte queda no PIB. Esses acontecimentos precipitariam o impeachment de Collor, iniciado em setembro de 1992 nos estertores da influência da lâmina A Torre, a mesma que vai reger o país a partir de setembro de 2018.

Entre setembro de 1999 e setembro de 2000 – Os efeitos da crise cambial brasileira da desvalorização do real, com a inflação naquele ano pulando de 2% para 20% e uma estagnação do PIB que ficou próximo de zero.

Entre setembro de 2008 e setembro de 2009 – O ano que a bolha mobiliária estourou. Como tal evento ocorreu apenas no final de 2008 os efeitos sobre o PIB só foram sentidos em 2009, quando o país saiu de uma alta de 5,5% para praticamente zero ao final de 2009


A PRISÃO DE LULA – ASTROLOGIA TRADICIONAL COM ALGOL E REGULUS

mapa astral lula preso


Os antigos astrólogos, sobretudo do Oriente Médio, estudavam entre diversas posições no céu posições específicas e exatas (dentro da variação de um grau) envolvendo essas duas estrelas para prever guerras, queda de impérios e coroação de reis. No texto sobre a regência dos orixás em 2018 dei um exemplo sobre esse tipo de estudo (link no início desse post):

 "Um exemplo que gosto de mostrar quando temos muitas posições fortes, violentas ou combativas no céu, como as que teremos no Brasil e no mundo em 2018 é o exemplo do sismo de Valdívia em 1960, considerado até hoje o maior terremoto da história que gerou um enorme tsunami. Aquele foi um ano regido por Saturno e com Saturno em Capricórnio, sendo que naquele dia Marte estava em Áries, o Sol cravado sobre Algol fazendo uma quadratura com Plutão em Virgem, além de Urano estar em Leão e junto a tudo isso Júpiter em movimento retrógrado e em falência em Capricórnio, muita tensão unindo terra e fogo, placas tectônicas e magma, dando origem ao maior sismo da história."

Durante os estertores do regime militar, Lula foi preso por aproximadamente um mês (período que também coincidiu com o falecimento da sua mãe). A prisão aconteceu exatamente no dia 19 de abril de 1980 na região do ABC em SP.

Naquele dia tivemos duas posições muito curiosas no céu que, em conjunto, apontavam que algo relevante realmente aconteceria: Urano retrógrado em Escorpião (praticamente sobre a posição do Ascendente do mapa natal de Lula) fazia uma oposição com Algol e ao mesmo tempo uma quadratura com Marte em conjunção com Júpiter retrógrado cravado sobre Régulus.

O estudo completo sobre o mapa de Lula pode ser visto aqui:


Como foi abordado ao longo desse texto, o período mais delicado para Lula será nos meses de julho e agosto de 2018, em especial nos primeiros dez dias de julho, um momento de definição no qual mesmo se ele tiver conseguido um habeas corpus no começo do ano, mesmo assim sentirá a força de Xangô com a definitiva impugnação da sua candidatura e acredito que prisão definitiva.

Exatamente nos últimos dias de junho até o dia 10 de julho de 2018 teremos Júpiter retrógrado em Escorpião fazendo uma quadratura com o Meio Céu, Plutão e o ponto da fortuna do mapa de Lula (posições que estão em Leão). Para piorar (pra ele) um pouco mais, Marte também retrógrado no céu vai bombardear com uma oposição essa mesma posição no signo de Leão no mapa de Lula para logo em seguida fazer uma quadratura com o Sol natal de Lula em Escorpião ao mesmo tempo em que o trânsito de Urano quando começar a retrogradar estará em oposição ao Sol natal de Lula. Ou seja, o mapa dele será bombardeado entre final de junho e julho por quadraturas e oposições explosivas diretamente nos pontos mais fortes do seu mapa (Sol e MC) mostrando que a imagem (MC) e autoridade pessoal (Sol) serão duramente demolidas por esses trânsitos

Aqui se encerra o estudo das previsões para 2018. Na segunda parte trarei um estudo bem específico sobre as eleições presidenciais e o mapa do Bolsonaro. Quem quiser conhecer um pouco mais sobre as previsões que tenho trazido com alto grau de acerto e detalhamento desde 2014, bem como saber mais sobre o estudo a respeito do ápice das profecias em 2036 e saber como adquirir as obras que lancei até o momento, basta acessar o link a seguir (clique no banner):



3 comentários:

Ester disse...

Vamos as perguntas:
Acha que tem clima pro Príncipe Charles ser Rei? Ou acabaria sendo o Príncipe William?

Esse problema do Alckmin seria de que natureza? Seria de natureza médica, política?

Essas cartas pra Rússia me lembraram as Olímpiadas na Alemanha Nazista. Evento esportívo de grande porte. Um líder de caráter ruim, que foi eleito democraticamente mas se apossou do país. Público interno ordeiro (Arcano8) diferentemente do que foi aqui. Enquanto o mundo ve o quão vitorioso,novamente, é o Putin. E ainda mais conseguir colocar a Rússia sob os holofotes dos mundo(Arcano19). Mesmo que no fundo todos sabemos dos podres do magão russo.

E sobre o vice do Bolsonaro, que aparentemente será o dono do PSL. Vai ser isso mesmo?

Juanito Suarez disse...

Boa tarde José Deus te abençoe.
Gostaria de saber como você e os guardiões enxergam a possibilidade de uma intervenção militar no dia 24/01/2018? Levando em consideração que Lula pode ser condenado e preso nesse dia, e por conseguinte a militância do PT desesperada causaria o caos não deixando outra alternativa ao exército.
Abraços e parabéns, sempre.

Hugo Ferdinand disse...

Charles não tem o carisma necessário!